ADONIS OLIVEIRA - LÍNGUA FERINA

Está se aproximando a data das próximas eleições. Qual é mesmo a data dessa pantomima???

Já externei em outros artigos minha total desconsideração para com essa palhaçada que costumam chamar de “Democracia”, e que é costumeiramente utilizada pela corja dominante em nosso país para nos fazer de idiotas através destes simulacros de participação conhecidos como eleições. Como disse aquele revolucionário francês:

“Democracia nunca existiu! Nunca vai existir! E no dia que vier a existir, será uma grande merda! ”

A ideia central da palhaçada parte do princípio de que, juntada uma quantidade suficientemente grande de imbecis, todos dando palpites estapafúrdios sobre coisas que não entendem, sairá uma solução maravilhosa daquela conversa de estúpidos palpiteiros. NÃO SAIRÁ NUNCA! O mais provável é que dali saia uma proposição tão ou mais imbecil do que as imbecilidades individuais dos componentes daquela turba. Isso porque, na tentativa vã de acomodar os interesses das diversas facções, o mais provável é que seja parido um Frankenstein, composto pelos remendos mais díspares e incompatíveis imagináveis. E continuará incólume a canalhice avassaladora.

Por outro lado, o cidadão adotar a estratégia do avestruz, enfiar a cabeça em um buraco e não querer nem saber do que se passa na realidade, é o caminho que conduz diretamente ao desastre. Vejam que bela análise desta situação apresentada por Rolando Boldrim. Notem que as ideias são de Bertold Brecht. Este, apesar de esquerdista ferrenho, não tinha nada de burro.

Rolando Boldrin – O Ignorante Político

Enquanto isso, em Pernambuco e especialmente em Recife, somos vítimas e, ao mesmo tempo, forçados a participar de uma farsa gigantesca. Pretendem perpetuar no comando das finanças e das atividades governamentais um clã e uma gangue que já estão nos desgraçando há mais de meio século. Pretendem firmemente continuar se aboletando nas mamatas federais, estaduais e municipais ainda por longos e longos anos, sempre em nosso nome.

Vejam o que tem a dizer, a respeito do caos a que estamos sendo submetidos, o valoroso jornalista Sikera Júnior:

Sikera Júnior – Situação política de Pernambuco

NEM ELE, NEM ELA, nem ninguém!!!

NÃO VOTE EM POLÍTICO PROFISSIONAL!!!

POLÍTICA NÃO PODE SER PROFISSÃO!!!

POLÍTICA NÃO PODE SER PROFISSÃO!!!

A Administração Pública brasileira é uma bola de ferro amarrada no tornozelo da nação.

O custo dessa multidão de parasitas inescrupulosos é verdadeiramente catastrófico!

Vou dar uma pequena ideia do Modus Operandi que grassa na nossa amaldiçoada Administração Pública. Vou relatar um pequeno incidente do qual fui testemunha involuntária.

Uma amiga, pela qual tenho imensa consideração, vinha participando ativamente da política sindical em Teresina há muitos anos. Como consequência natural, participava também das atividades do partido que vem controlando aquele estado há uns 20 anos, O PT, e cuja ligação com o sindicalismo é umbilical.

Certo dia, essa amiga minha me disse que estava bastante preocupada pois teria de fazer uma viagem a Fortaleza, pelo sindicato, a fim de ajudar a definir uma eleição lá que estava se mostrando particularmente difícil de ganhar.

Quando nos encontramos de novo, depois de alguns dias, perguntei-lhe de pronto:

– E aí? Como foi a eleição lá em Fortaleza? Ao que ela me repostou:

– Amigo. Nem te conto. Foi simplesmente de lascar! Os nossos oponentes roubaram demais da conta.

Eu fiquei chateado por ela, pois sabia o quanto lhes eram importantes essas eleições. Perguntei de novo:

– Quer dizer que perderam? Ao que ela disse:

– NÃÃÃÃÃOOOO!!! Nós ganhamos. Eu não me contive e perguntei de imediato:

– Mas como é que ganharam, se os caras roubaram tanto? Ao que ela me disse rindo e com uma cara sapeca:

– Muito simples! Nós roubamos muito mais que eles.

ESSA É A VERDADEIRA DISPUTA ENTRE OS PARTIDOS: VER QUEM CONSEGUE ROUBAR MAIS!

3 pensou em “ELEIÇÕES

  1. É isso Adônis. Não consigo entender como as pessoas votam em corruptos. Como se apoia corruptos. Em João Pessoa, Ricardo Coutinho, PSB, recebeu apoio do PT, que impugnou a escolha de candidato próprio. Ricardo roubou R$ 134 milhões do governo. Em Recife, é essa vergonha. Dois técnicos do TCE chefiando o executivo e a prefeitura foi visitada 5 vezes pela PF.
    Vou votar em Patrícia. Delegada que autuou Marília Arraes e que conhece todos os corruptos daqui porque prendeu vários.

    • Gracias, Berto(por nos ter dado a chave de acesso ao poliicamente incorreto jbf), Assuero y Adônis ! La prueba manifiesta de ese nivel de cultura tan excelso alcanzado por la raça humana es JBF. ¡Aristóteles en jbf era analfabeto!

      • “A politician needs the ability to foretell what is going to happen tomorrow, next week, next month, and next year. And to have the ability afterwards to explain why it didn’t happen.” – Winston Churchill.

Deixe uma resposta