JESSIER QUIRINO - DE CUMPADE PRA CUMPADE

Capa da revista (ó o nome!) “ILUSÃO” de 1974, com matéria sobre a novela (ó o nome!) “Fogo sobre Terra” de Janete Clair.

Revista do acervo pessoal, com detalhe ao lado da famosa TV Colorado RQ (1970 – de quatro pés).

“RQ” significa Reserva de Qualidade.

Isto, para firmar o slogan: Alta Fidelidade de imagem.

TV doada pela família Ribeiro de Itabaiana.

Fotos deste colunista

* * *

Vou-me Embora pro Passado”, é um poema autoral, publicado em 2001 no livro e CD: Prosa Morena – Edições Bagaço de PE.

O poema, danou-se no mundo e provocou doações de mimos antigos, os tais, que compõem o acervo da nossa bodega, do Canal YouTube: Papel de Bodega.

1 pensou em “VOU-ME EMBORA PRO PASSADO

  1. Mais uma contribuição magnífica para o JBF, Jessier, e, sobretudo, para a Nação Nordestina que se delicia.

    Meus parabéns!

Deixe uma resposta