MAURÍCIO ASSUERO - PARE, OLHE E ESCUTE

O Brasil sempre foi reconhecido, interna e externamente, como um país pacífico. A nossa política de relações internacionais se calcava em dois pilares: futebol e carnaval. Sempre fomos o país do carnaval e, na ausência de craques como Pelé, Tostão, Zico, Sócrates, etc. o futebol tem sido questionado pelos parcos resultados nas Copas. A Alemanha nos humilhou com aquele 7×1 e tinha vaga para mais.

Fomos tudo isso até 2016 quando ocorreu o impeachment de Dilma. De 2016 a 2018 passamos a ser um país de golpistas e de 2018 para cá, um país de fascista. Por mais que se diga que o governo Dilma cometeu um erro orçamentário, não tem jeito: goooooolpiiiiiiiistas!. Apenas para lembrar: os programas sociais do governo Dilma foram pagos com recursos dos bancos públicos sem que o Tesouro Nacional fizesse, previamente, a transferência desses valores. Então, o governo usou créditos sem autorização do congresso e isso está na Constituição Federal como um dos crimes de responsabilidade do presidente. Simples assim.

Eduardo Cunha vai lançar um livro intitulado Tchau Querida, O Diário do Impeachment, no qual relata a ativa participação de Michel Temer na articulação desse processo. Em referência a Rodrigo Maia, ele afirma que “Maia era um personagem desesperado pelos holofotes do impeachment de Dilma e pleiteava assumir a relatoria da Comissão Especial do Impeachment”. Esse mesmo Maia que no final do ano passado, junto com Alcolumbre, procurou ministros do STF (note: ele não procurou a instituição, procurou ministros daquele antro de prostituição) para mudar o entendimento de que VETADO pode significar permitido, como fez Gilmar Mendes num voto de 64 páginas.

Logicamente, duas coisas aqui se destacam: a primeira é que houve a pedalada fiscal. Os bancos públicos bancaram programas sociais sem o aporte de recursos do Tesouro Nacional. Emprestaram dinheiro, sim!, ao governo e isso é ter crédito orçamentário sem autorização do congresso. Imagine uma pessoa com cheque especial que usa o saldo da conta além das suas disponibilidades porque o banco concede o crédito. A segunda é essa eventual conspiração. Temer de olho no cargo, o Brasil de olho em Marcela. Mas, esse movimento só se tornou viável por conta da primeira, ou seja, se não houvesse as pedaladas, esse pessoal não teria argumento para tirar Dilma do poder. Francamente, caso Dilma tivesse continuado no poder, o partido seria dizimado nas urnas. Por isso, eu acho que, por baixo dos panos, muita gente do próprio partido, e dos partidos aliados, também se moveu nesse processo de eutanásia do governo Dilma.

O andamento dos fatos no Brasil parece acentuar o tamanho da instabilidade. A presença de Rodrigo Maia, por mais uma semana, como presidente da câmara pode detonar a maior crise institucional nesse país. Se for eleito seu candidato, a instabilidade vai continuar diariamente. Rodrigo conta com o apoio da mídia e com os partidos de esquerda, mas não contará mais com a proteção do foro privilegiado, já a partir do dia 01/02/2021. Isso quer dizer que seu processo deve ser encaminhado para primeira instância. Entendam: existe uma ameaça latente entre Maia e o governo: se ele não acatar o impeachment, não será denunciado pela PGR. Se for denunciado, o impeachment é aceito. Esse acordo acaba no dia 31 próximo e daí teremos Maia pensando, única e exclusivamente, no seu umbigo.

Tenho refletido bastante sobre esse momento político do Brasil. O impeachment de Collor foi decorrente da corrupção. Dilma teve, além da corrupção, as pedaladas, mas uma coisa me chama a atenção. Desde as roubalheiras do governo FCH, os protestos da oposição foram sufocados pela bancada de apoio ao governo. Com FHC, o PT só fazia espuma, com Lula, a base do governo foi alimentada com dinheiro do mensalão. O que eu vejo é que a paz parece significar ser governado pela esquerda.

Em nome da paz que seja eleito um presidente de esquerda e que ele encontre outro Marcos Valério para arrumar dinheiro com contratos fraudulentos e comprar votos de congressistas, dando chance ao partido se perpetuar no poder, afinal, alternância de poder em democracia é balela. Basta ver a República Democrática da Venezuela. Que se desviem recursos da Petrobras, dos fundos de pensão, das empresas estatais e que estes recursos enriqueçam a família do presidente e os partidos da base de apoio. Que se construam novas arenas, como a Mané Garricha que foi orçada em R$ 641 milhões e custou R$ 1,2 bilhão. Que se construam novas refinarias como a Abreu e Lima que deveria custar US$ 2,1 bilhões e custou US$ 20,6 bilhões para operar com 50% da sua capacidade, tendo somente 75% de suas instalações concluídas. Que se concluam obras viárias nas cidades da Copa 2014 aportando mais recursos, afinal os valores anteriores não alimentou todas as bocas. Que todos os políticos eleitos sejam políticos denunciados e processados por improbidade administrativa.

Que as pessoas honestas continuem votando em candidatos honestos que nunca são eleitos. Que o STF continue anulando provas, dando novas interpretações jurídicas para beneficiar corruptos, anulando depoimentos, que transforme em Súmula Vinculante os comentários de Goiano Braga Horta. Que declare suspeito todo juiz que trabalha sério e que sejam promovidos todos aqueles que vendem sentenças, como o escabroso caso no TJ-BA.

Acordei do sonho que era possível um país sem corrupção. Estou assustado quando vejo até onde vai a canalhice política de um governador deixar de comprar oxigênio numa empresa concorrente a White Martins porque ela é de propriedade da família de um adversário político. Matou pessoas, apenas por interesse político. Chega! Eu quero meu país de volta.

39 pensou em “VAMOS AOS FATOS

  1. “Chega! Eu quero meu país de volta.”
    Temos que não seja mais possível.

    Parabéns pela coluna, Assuero.
    Espalharei o link pelo oco do mundo.

  2. Sr. Maurício Assuero.
    Nossos cumprimentos.
    Mais uma brilhante, didática e histórica análise da conjuntura sociopolíticoeconômica do nosso maltratado e cambaleado País.
    Alvo preferido nos últimos trinta anos de desgovernos esquerdopatas e da seita maldita.

    O último assunto citado, sôbre esse governador, além de corrupto e ladrão, também é assassino, de acordo com o que está sendo apurado.

    No país do pcc ching ling. No qual esses vermes tanto defendem e são sócios e cúmplices.
    A justiça de lá, não querem para cá. Não é mesmo?
    Como sabemos, o justiciamento é feito até para crimes comuns.

    Corrupção, que é endêmica, entre a maioria dos políticos, empresários e outros do mesmo naipe, aqui em banânia. Se fosse devidamente aplicada.
    A arrecadação com as vendas das balas para as famílias dos justiçados. Faria o País saltar para a primeira economia do mundo, com toda certeza.

    Em tempo: espero que o senhor, perca a hora amanhã. Tenha um sono bem pesado. Porque eu vou continuar despertando o galo. Ele já está reclamando, preocupado em perder o emprego. Forte abraço e bons sonhos.

    • Inconstantes, constantes e dispostos a NEM DORMIR para serem os primeiros a bajular a CABELOS DE FOGO…Em tempo: espero que AMBOS, percam a hora amanhã. Forte abraço sanchiano em ambos e bons e pesados sonhos com as 5 musas do PT (kkkkkkkkkkkkk) .

      … É o amor
      Que mexe com minha cabeça e me deixa assim
      Que faz eu pensar em você e esquecer de mim
      Que faz eu esquecer que a vida é feita pra viver…

      • Tem como perder a hora Doutor Honoris Coco… Agora, LC vai levar a melhor porque estou cansado demais hoje. Dizem que funcionário público não trabalha.,,,,,

  3. Ainda bem que o presidente Jair Messias Bolsonaro não pertence ao PT. Se fosse, nesses dois anos, já teria afanado até os panos de chão do Palácio da Alvorada…

    P.S.: – A partir da eleição do marginal de Alagoas, Arthur Lira(PP), o que será dessa pátria, mais uma vez o centrão no poder com Valdemar da Costa Neto dando as cartas… É de arrepiar!!!

    • Pois é….. Assuero….

      Talvez Baleia Rossi, apoiado por “botafogo” Maia seja melhor….

      Infelizmente Assuero, nao teremos um País de volta pois este País nunca foi.

      Eu quero um País, minimamente decente, o País que você acenou como sonho…….

      Quem sabe, como pensa Adonis, começamos com o esquartejamento dos atuais canalhas Super Tarimbados em Falcatruas……

      Sem um exemplo forte nao tem como melhorar……

      • Arthur, o que me preocupa é que Baleia está sendo pressionado pelo PT. Votos em troca do impeachment. Francamente, não gostaria de ver esse país atolado nesse contexto.

        • Desculpe Assuero

          Acho que não foi clara minha ironia contra o estúpido…..

          Ambas as possibilidades Lyra e Baleia) são perigosas …….

          Não esquecer que SP ficou com a seguinte opção

          = Boulos x Covas

    • De certa forma o culpa é do povo. Por mais que se implore para não votar em corruptos, não tem jeito. Na eleição municipal em João Pessoa, o corrupto Ricardo Coutinho foi apoiado por Lula e o PT tinha candidato próprio. Só o povo tem capacidade de retirar esses canalhas do cenário. Eu sou contra o impeachment. Primeiro porque não vejo crime cometido, de acordo com CF. Segundo, o impeachment é apenas para atender a sanha dos perdedores. Respeite-se a democracia. A escolha democrática. Gostando ou não, o cara foi eleito pela maioria absoluta de votos. Faça oposição, não linchamento

      • Maurício , pegando o exemplo dado . O que os outros partidos ofereceram ao povo que fosse muito diferente do corrupto citado ( pergunto sem conhecer nada da política local , mas pegando exemplos de SP e da grande SP ) ?
        Aqui não havia opções , e quando havia , com as restrições impostas por governantes , o povo nunca soube o que eles pensavam .

        • Airton, sabe qual o mal do Brasil? Os partidos políticos (minha próxima coluna vai ser sobre isso). A estrutura está montada sobre este estandarte. E com isso você fica sem opção. É como o voto vinculado.

  4. Chega! Eu quero meu país de volta.

    Infelizmente tenho uma péssima notícia: ISSO não é possível, caríssimo. Por mais perfeito que seja o texto Assuerínico, por mais que sonhes e acordes, o resultado será o mesmo, pois…

    Suponhetamos e vaginemos que façam o PROMETIDO e tirem o Jair do cenário eleitoral para 2022… Vamos à lista dos possíveis salvadores da pátria: os mesmos da campanha de 2018, acrescidos de alguns que foram eleitos ou concorreram para governadores e prefeitos nos pleitos de 2016, 2018 e 2022, acrescido, ainda, de um ex-juiz e um animador de auditório da plim-plim. O QUE TEMOS? O horror, temos o horror. Sancho, que como sempre é forçado por sua natureza a não ficar sobre muros, diz que mais uma vez irá às urnas, pois Sancho não falta a tal compromisso e VOTARIA no rapaz da coronavac. Sim, é o HORROR, mas (eleitoreiro mas), VAMOS às urnas com a única missão de votar no menos ruim, pois ESTADISTAS só existem no JBF de todos nós. Nos demais lugares temos apenas choro e ranger de dentes. TERRÍVEL CENÁRIO SE DESCORTINA ANTE NOSSOS OLHOS.

    Aproveito o espaço para mandar um beijão na boca da Neide Dragão e deixar um beijo fraterno em vosso imenso coração. Até sempre!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Sancho, não temos salvador da pátria e eu não acredito nessa figura. Se este ano a coisa está feia, em 2022 será pior. Alguns canalhas de 2018 como Ciro e Lula ou Haddad e outros canalhas novos como Dino. Hulk já fixou data para sair da Globo este ano. Mas, não tem propostas. Minha conta é simples: 57 milhões de pessoas votaram em Bolsonaro e certamente, mesmo que ele não tenha essa votação novamente, a coisa é simples: esse pessoal não votará em nenhum candidato de antes e Hulk náo tem capacidade de angariar tantos votos.

  5. Assuero, peço permissão para assinar esse texto. Posso Mestre? E pensar que, antes de tudo isso aí acontecer, na tenra juventude eu perdi (até hoje tenho essa dúvida: se perdi ou se ganhei) meu tempo, antes de ingressar na Universidade me envolvendo com esses sonhos que estão nas entrelinhas.

  6. Ô Sancho. O que fazes aqui?
    Errastes o caminho?
    Vais corujar em outro lugar. Mi hermano.

    Eres fiel escudero de dom Quijote e no pelos del fuego.
    Entonces eres muy amigo, no?

    Essa lista de bajuladores/velhos babões, como já disseram, está aumentando à cada domingo.
    Quem quiser, que se considere assim. Porque eu sou é apaixonado por ela e pronto.
    Hasta amanecer, Pancito.

  7. Nobre conterrâneo. Seu texto é perfeito. Agradeço sua maneira gentil de reagir ao que eu comentei.

    Sei que as vêzes, sou meio periférico nos pitacos. Pela indignação que carregamos de longa data. O caso de Manaus é revoltante e lá já tinham matado pessoas com superdose de um dos remédios que tem salvado vidas. Não é verdade? O pior é que fica por isso mesmo e ninguém é responsabilizado.

    Bom final de sábado e pode dormir até mais tarde amanhã. Sem problemas. Depois que eu fizer minhas reverências a Diva e Poeta, Constância. Pode acordar, sereno e tranquilo. Combinado?

    • Luiz, as pessoas se aproximam por afinidades. Nós compartilhamos uma série de indignações com a política. Por exemplo: o governador do DF aprovou redução de ICMS, em maio do ano passado, para criadores de gado lá. Agora ele abriu uma empresa de criação e abate que vai se beneficiar da lei. Simples assim.

  8. Pensar que, o Brasil já teve presidentes da Câmara Federal, como Bilac Pinto, Adauto Cardoso, Célio Borja, Nelson Marchezan e Marcos Maciel. Agora, temos que engolir um Nhonho ,um Baleia Rossi ou um “barão do centrão” enrolado ate o pescoço na Operação Lava Jato. Professor Maurício, com a pobreza política que assolou o pais, acho que somente com o parlamentarismo puro e uma nova constituição, poderíamos sonhar em tira-lo das mãos dos canalhas, e ter de volta o nosso pais .

    • Em 1993 tivemos um plesbicito para definir a forma de governo. Fiz campanha e votei pelo parlamentarismo. O PT, do qual foi filiado, se posicionava contra e nas conversas que eu tinha com os companheiros, tentava convencer que era melhor assim. Mas, Lula nunca pensou em ser primeiro ministro. Queria ser presidente. Tanto que nunca abriu mão de se candidatar e quando Suplicy colocou que deveria haver prévias, ele fez um escândalo e sacaneou Suplicy o quanto pôde. Se a gente tivesse um sistema unicameral, esses 513 deputados e 8 senadores se reduziriam e a economia seria fabulosa.

  9. Permita-me, gigante Terracota colocar meu caminhão na estrada em que és o pole position para repetir o que escrevi ao Assuero: VAMOS às urnas com a única missão de votar no menos ruim, pois ESTADISTAS só existem no JBF de todos nós.

    • Dá-lhe Sancho, Algum tempo eu propus um governo fubânico. Vamos atualizar:
      Berto – Presidente
      Casa Civil – Jessier Quirino
      Economia – Neto Feitosa
      Agricultura, pecuária e abastecimento – Sancho Pança
      Cultura – Xico Bizerra
      Educação – Fenando Gonçalves
      Turismo – Adônis
      Cidadania – Violante Pimentel
      Renata Duarte – Comunicações
      Desenvolvimento regional – De Leon
      Ciência, Tecnoloia e Inovação – Rômulo Angélica
      Saúde – Jesus de Ritinha de Miúdo
      Mulher, Direitos Humanos – Marcos André
      Justiça e segurança pública – José Paulo
      Relações exteriores – Constância Uchôa
      Defesa – Marcos Mairton
      Meio Ambiente – Maurino
      Infraestrutura – Zé Ramos
      Minas e Energia – Marcelo Bertolucci
      Controladoria – Altamir Pinheiro
      Interior – Severino Souto
      Gabinete institucional – Carlos Eduardo

      Os demais serão alocados da secretária de assuntos complicados, departamento de fofocas, etc.

      • COMO FUI – HONROSAMENTE – INCLUÍDO NOS DEMAIS, ESTOU COM UMA BAITA DÚVIDA:

        ACEITO TRABALHAR NA SECRETARIA DE ASSUNTOS COMPLICADOS OU NO DEPARTAMENTO DE FOFOCAS OU NO ETC.???

        ACHO (EU DISSE “ACHO”, NÃO QUE EU TENHO CERTEZA) – POR ENQUANTO – QUE VOU ME CANDIDATAR, ISTO É, PEGAR UMA BOQUINHA PARA FICAR NO ETC..

        PARECE SER MAIS DIVERTIDO.

        OH CÉUS, QUE DÚVIDA – ANGUSTIANTEMENTE – CRUEL!!!

        • Adail, como a lista de leitores é extensa, eu resolvi citar os demais. Mas, ninguém vai ficar sem cargos. Até eu estou nessa.

      • Prezado Assuero,

        Na controladoria minha função seria árdua. Moralizar o palavreado que o próprio Pinheirinho é quem toma a iniciativa de esculachar.

        P.S.: – Já pensou? Raposa tomar conta de galinheiro…

  10. Airton, posso ter né equivocado, mas os deputados não possuem mais foro. Como presidente da câmara, o processo fica no STF. Como deputado, vai pra primeira instância. Com esse entendimento o STF mandou vários processos pra outras instâncias.

  11. Acho que Marcos Maiton seria melhor aproveitado na Advocacia Geral da União, o Ministério da Defesa, ficaria com Adônis de Oliveira, com liberdade para fazer uma limpeza geral, se é que me entendem. Quanto ao comissário Goiano, a pedido do Zé Ramos, seria agraciado com uma segunda secretaria na embaixada brasileira em Havana.( Sem picolé redondo viu Goiano ! )

    • Paulo, Mairton tem cacife pra ocupar qualquer pasta. Agora, não acho que Goiano aceitaria a Embaixada de Cuba, afinal esquerdista preferem Paris. Se é pra botar o cara em Cuba e ele viver em Paris, coloca em Paris pra ele apoiar a vida em Cuba.

Deixe uma resposta