DEU NO JORNAL

O ex-governador do Rio Sérgio Cabral (MDB) foi condenado a mais 18 anos de prisão pelo juiz Marcelo Bretas, nesta terça-feira (30).

É a 10ª condenação de Cabral na 1ª instância.

Desta vez, ele foi julgado culpado na Operação Ratatouille, desdobramento da Lava Jato fluminense.

A ação denunciou pagamento de propina no fornecimento de merenda escolar e prisional.

As condenações de Cabral na primeira instância agora chegam a 215 anos e 11 meses de prisão.

* * *

Dois séculos e mais de uma dezena de meses de cadeia.

É tempo demais obrando de cócoras no cagador da prisão.

Coisa horrorosa!

Estamos diante de um perseguição injusta contra um homem inocente, um político de caráter, um cidadão honrado e que foi eleito com o decisivo apoio de Lula, outro perseguido por esta onda infame de politizar a justiça. 

Ainda bem que aqui no JBF nós temos um causídico do porte de Ceguinho Teimoso, grande advogado luleiro, capaz de explicar pra gente que tudo isso é errado, é falso, é trambicagem, é perseguição, é canalhice, é safadeza tribunalesca.

Lula e Cabral, dois dos mais impolutos administradores que o Brasil já viu, estão sendo vítimas de uma onda fascista, direitista e reacionária.

Cabral Livre!!!

Lula Livre!!

Deixe uma resposta