DEU NO JORNAL

O governo brasileiro, através do Itamaraty, declarou ontem os “representantes diplomáticos” do ditador venezuelano Nicolás Maduro “personae non gratae”.

Não serão expulsos porque estão sob proteção do Supremo Tribunal Federal: em abusiva intromissão em prerrogativas do governo, o STF anulou a expulsão.

É curioso como ministros do STF chamam Bolsonaro de “autoritário” e protegem adeptos de um ditador.

* * *

Vocês aguardem:

O lulo-bolivariano Ceguinho Teimoso explicará técnica, jurídica, política, ideológica e constitucionalmente esta decisão do STF em favor dos representantes da democrática, zisquerdista, progressista e super-desenvolvida Venezuela de Maduro.

Nada mais a declarar.

Só tenho uma banana pra dar.

6 pensou em “UMA BANANA BEM DADA

  1. O povo venezuelano vem sendo massacrado há anos, com Maduro sendo uma versão moderna de Pol Pot, Hitler ou Mao.

    E nada aontece lá porque Maduro corrompu as forças armadas e criou milícias.

    Me lembra uma piada nazista: o comandante de um campo de concentração lamentava-se no barbeiro “O Führer me ordenou matar 300 mil judeus antes do fim de ano! Eu não posso fazer isso!” O Barbeiro perguntou “Piedade, comiseração?” e o comandante “Nada disso, é que eu não tenho tempo suficiente para matar 300 mil até o fim de ano! Se vfossem 200 mil talvez desse tempo!”

  2. Berto! Essa sua foto dando (ôpa!) uma solene banana para esse antro de urubus togados é icônica.
    Deveria constar dos próximos livros dedicados a História do Brasil.
    Alunos do País inteiro aprenderiam de imediato como combater a alquimia de comunismo e justiça sordidamente fundidos para prejudicarem uma Nação de 210 milhões de habitantes.

  3. Já pensou se ele coloca tal foto como capa de seu próximo livro? Venderia mais do que picolé em praia carioca nos meses de dezembro a março.

    Porra, Berto!!! Eis que Sancho te deu uma ótima ideia!!!!!! Esse Sancho é PHODDA BAGARAI!!!!

    Claro que Berto é muito mais, pois escreve livros enquanto Sancho escreve sandices aqui no JBF (até quando Berto vai aguentar manter tal desmiolado em sua trupe?).

    • E não é que, em termos de marketing, a ideia do lokinho Sancho tem lá seus méritos? Seria um chamariz e tanto…

  4. Bem, já que me pediram para falar eu não nego fogo e falo.

    O STF reconhece a competência privativa do Presidente da República para fazer o que fez, rompendo relações diplomáticas com o governo da Venezuela, mas decide, como competência sua, conceder habeas corpus para que os atingidos pela decisão presidencial não tenham de sair às carreiras do Brasil.

    A decisão está fundamentada.

    Quem tem competência jurídica para avaliar, que leia e e diga, ou bote a viola no saco: Está aí, a seguir, completinha.

    http://www.stf.jus.br/arquivo/cms/noticiaNoticiaStf/anexo/HC184828ratifica.pdf

  5. Quando os lutadores cubanos, foram expulsos por Tarcio Genro , o supremo, tão distraído olhava para o lado esquerdo. Canalhas.

Deixe uma resposta