8 pensou em “UM VÍRUS BANÂNICO: NÃO ANDA EM ÔNIBUS LOTADO

  1. É um vírus progressista, globalista e produzido na China. Veio para escravizar as pessoas.

    Fique em casa, use máscara, não vá aos hospitais se não tiver com falta de ar, não vá as praias, praças, não ande nas ruas, fechem as escolas (todas).

    Depois de implantarem isso, irão nos roubar a liberdade de pensamento (PL 2630, CPMI das Fake news, inquérito do fim do mundo).

    E tem gente implicando com Bolsonaro porque ele desceu do Jet sky sem máscara.

    • Paula Marisa está concorrendo a Vereadora em Canoas-RS.

      Paula Marisa – 28000 vereadora/ Canoas RS

      A campanha não para de crescer! Rumo a vitória!!!!!
      O povo de Canoas está #FechadoComPaulaMarisa

  2. Pior é ouvir jornalista dizer aglomeração não evitável é aceita ( tipo de ônibus lotado ) , e que não aceita aglomeração em praia , que é uma irresponsabilidade .
    Então eu acrescento mais uma característica do vírus. Ele detesta transporte público e gosta de tomar um bronze na praia .

  3. É preciso analisar com profundidade o que é dito superficialmente para passar ideias falsas: o que quer dizer o autor da postagem?
    Alguém é capaz de pensar, raciocinar e responder?
    Vou arriscar: Ele quer dizer que é mentira que o vírus Covid 19 seja perigoso?
    Sim, ele quer dizer isso, quando procura mostrar que se o vídeo não é tratado como perigoso pelas autoridades em uma situação e em outras não, deve-se concluir que as autoridades estão mentindo e que o vírus é inofensivo.
    Bem, se ele, o vírus, deve ser ignorado, deve ser falso, também, que tenha causado 151.000 casos fatais no Brasil e que o índice de letalidade seja da ordem de três por cento e que seriam muito maiores os avanços caso as autoridades sanitárias de diversos países não tivessem adotado medidas para sua contenção.
    Para quem não sabe, já são mais de um milhão de vítimas fatais no mundo e mais de trinta e três registros de positivados, isto é, de contaminados pela doença.
    É preciso parar com essa negação, que tem o objetivo de reforçar as maluquices de Jair Messias Bolsonaro, e sair do pensamento mágico: a ciência do século vinte e um está aí para defender a vida e quem embarca em sentido contrário estimula a morte e se coloca em situação de suicida potencial.

    • Errata: trinta e três MILHÕES de registros se positivados. Isto é, trinta e três milhões de contaminados oficialmente registrados no mundo.

  4. Pingback: GRANDE MÍDIA FUNERÁRIA, COLUNISTA FUBÂNICO FUNERÁRIO | JORNAL DA BESTA FUBANA

Deixe uma resposta