A PALAVRA DO EDITOR

Olavo de Carvalho é um sujeito que está sempre em evidência e aparecendo em tudo quanto é canto na internet.

Não vejo graça nele e não costumo reproduzir aqui no JBF as coisas que ele fala.

Coisas que ele fala o dia todo e a todo instante.

O Twitter vive cheio de postagens dele.

Se não me falha a memória, nunca citei esse cabra ranzinza nas minhas postagens.

O nosso estimado colunista Goiano é que, de vez em sempre, vive digitando o nome dele.

Mas ontem recebi pelo zap um vídeo de um amigo, daqui do Recife, que achei ótimo.

Neste vídeo o desbocado do Olavo deu uma cacetada monumental numa jornalisteira banânica, a japinha Thaís Oyama, que dá expediente na página folheresca do UOL.

Olavo deu uma bimbada antológica, sem cuspe e sem vaselina.

Tá tudo neste vídeo que vem a seguir.

9 pensou em “UM VÉIO DESBOCADO E CACETEIRO

  1. Olavo é desbocado, não leva desaforo para casa. Ele está corretíssimo em dar esta carcada na T. Oyama, que inventa coisas sobre ele..

    Ele é um dos únicos que, há 25 anos atrás denunciou o Foro de S Paulo, como uma tentativa de implantação do comunismo na AL, coisa que o Lula iria conseguir, se não fosse sua ambição pelo dinheiro (ainda bem).

    Também previu que haveria uma onda de conservadorismo no mundo em reação ao globalismo e à ditadura do politicamente correto, coisa que realmente aconteceu com o Brexit, eleição do Trump e do Bolsonaro aqui no BR.

    Dá para entender agora o ódio que as esquerdas e o nosso Goiano nutrem por ele?

    • Olavo preenche pré-requisitos básicos para ser fubânico:
      1) Politicamente incorreto;
      2) Não mede palavras;
      3) Fala palavrões;
      4) É fã do método Polodoro;
      5) Não fica sobre muros; e
      6) Atropela quem vacila na linha do trem.

      • OBS: Falta muita estrada para Olavo ganhar a Comenda Grão-Mestre Fubânico, mas (vacâncio mas), preencheria currículum para estagiário na nossa gazeta, com boas possibilidades de ser contratado.

  2. Adoraria ver o Olavo de Carvalho fazendo contra ponto com o Goiano nesta gazeta escrota. Pelo menos eu e o Adonis teríamos um pouco de descanso. Só não pode fugir da raia como fez o Carlos brickman

  3. Esse pessoal lixo da mídia comunista. Tá parecendo a Candinha ou as aquelas vizinhas fofoqueiras de antigamente.

    Tomavam conta da vida de todo mundo. Um monte de linguarudas.

    Só que hoje é tudo virtual. Os chamados influenciadores digitais. Não são pouca merda não.

    Como a reação contrária. A resposta à altura, vem quase que imediatamente. Serve como antídoto contra a doença ou o veneno destilado.
    Neutraliza por completo esse mar de idiotices e iniquidades. Expondo ainda mais esse bando de babacas inúteis.

Deixe uma resposta para Sancho Pança Cancelar resposta