4 pensou em “UM SUPREMO AUTENTICAMENTE BANÂNICO

  1. Na minha opinião a família da Jenifer Hugo, de 18 anos estuprada e morta por um presidiário de 35 anos que foi solto, devido a liberdade provisória concedida pelos Conselho
    Nacional de Justiça, em razão da pandemia de coronavírus deveria exigir uma indenização bem grande, pois o presidiário libertado já tinha no seu prontuário quatro estupros. O Conselho Nacional de Justiça é presidido, advinhem por quem, é por ele mesmo: José Antonio Dias Toffoli.

Deixe uma resposta