DEU NO JORNAL

A maioria dos eleitores do candidato Guilherme Boulos (Psol) reside em bairros de classe média alta, onde ele próprio viveu a maior parte de sua vida.

Ou em bairros de elite como os Jardins, e, portanto, são brancos, ricos e têm escolaridade de nível superior, conforme mostram os mapas de votação de domingo (15).

Isso foi reafirmado na primeira pesquisa para o segundo turno, divulgada segunda-feira.

O presidente do Paraná Pesquisas, Murilo Hidalgo, confirmou o perfil elitista do eleitorado de Boulos.

* * *

O Departamento Investigadeiro de Invasões do JBF vai apurar se Boulos, além de ser membro das zelites, também gosta de passar férias em Paris, desprezando Havana e Caracas.

Assim como faz o zisquerdista luleiro Chico Buarque.

Se isto for comprovado, estará confirmado, sem qualquer sombra de dúvida, o seu perfil de esquerdista revolucionário, inimigo do capitalismo burguês e batalhador incansável da causa do operariado e do campesinato.

Boulos na sede do MDCT, Movimento dos Destrabalhadores com Teto

11 pensou em “UM POBRE INVASOR RICO

    • Fami,

      Como dizia meu comunista de coração e apreço, o grande Pasquim (jornaleiro na Lapa-SP), esses novos comunistas que crescem á sombra dos prédios da Paulista, são fruto da Fina Flor da Burguesia. Já não se fazem “revolucionários” como antigamente…

  1. Talvez, e apenas talvez, a elite da cidade de São Paulo esteja compreendendo que os esquerdistas são o bicho e que os conservadores irão para picles. Era só o que faltava para as esquerdas renascerem das cinzas e Jair Messias Bolsonaro ser massacrado era mesmo até a gente fina constituinte da banda decente deste País voltar aos braços do povo!
    Como diria Carlinhos Brown, isso é lindo na medida em que todos se encontram e com suas aspirações elevadas irão caminhar nos passos juntos e seguidos do interesse maior que as estrelas podem imprimir aos mais necessários sonhos e interesses que querem abrilhantar tudo o que pode ser feito pelo bem e por isso assim será mais uma vez para a alegria dos que se interessam por tudo isso.

    • “Os esquerdistas, contumazes idólatras do fracasso, recusam-se a admitir que as riquezas são criadas pela diligência dos indivíduos e não pela clarividência do Estado.”

      “É divertidíssima a esquizofrenia de nossos artistas e intelectuais de esquerda: admiram o socialismo de Fidel Castro, mas adoram também três coisas que só o capitalismo sabe dar – bons cachês em moeda forte; ausência de censura e consumismo burguês; trata-se de filhos de Marx numa transa adúltera com a Coca-Cola…” (Roberto Campos)

      Traduzindo: Canalhas ao extremo.

  2. Eu fico-se-me rindo na possibilidade do terrorista urbano do Boulos vencer essa eleição. A punição maior não será para o povo abestado da capital paulista, mas sim para o prefeito Boulos. Pela primeira vez na vida será obrigado a trabalhar oito horas por dias, seis dias por semana. Será uma daquelas ironias da vida: ver o sujeito de pata rachada e cheiro de enxofre rezando um terço e ver um vagabundo, parasita contumaz ter que trabalhar. Punição maior não poderia haver.

    • Dom Roque Cunha:

      Tô contigo.

      Tu disseste tudo o que eu penso a respeito do, agora, bem provável futuro do Bolo Fecal.

      Ele deve estar se cagando de medo, não dormindo direito e tendo pesadelos horríveis.

      Tudo resultante com o que vai acontecer com o fim da dolce vita dele:

      1 – VAI TER DE OBEDECER LOCAIS E HORÁRIOS.

      2 – LEVANTAR CEDO

      E,

      SE CONSEGUIR,

      3 – IR DORMIR TARDE.

      E NESSE INTERVALO, O PIOR DE TUDO:

      FICAR ACORDADO, ENFRENTANDO, DIUTURNAMENTE, O TERROR DOS SEUS TERRORES:

      4 – TER DE TRABALHAR.

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      TOMARA QUE ELE SEJA ELEITO.

      P.S. – 01: Como se não bastasse o problema pessoal dele, quem – entre a multidão de incompetentes e vagabundos que o seguem e, naturalmente, iguais a ele – vão ser escolhidos para a sua equipe(?) de trabalho(?), se todos não sabem o quê que é isso, nem querem aprender???

      P.S. – 02: Repito:

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      TOMARA QUE ELE SEJA ELEITO.

      P.S. – 03: Quem sabe o paulista que já elegeu do rinoceronte Cacareco ao palhaço Tiririca (reeleito), depois dessa mais uma descomunal cagada, comece a aprender a escolher melhor os seus eleitos, o que acredito que será quase impossível, pois estão viciados a tomar no cu.

      E la nave va, avanti…

    • Caro Roque, quem disse que Boulos terá que trabalhar, uma vez eleito Prefeito de SP? Eles já têm todos esquemas prontos.

      Cada parte da cidade tem um sub prefeito e centenas de cargos para preencher. Quem faz as coisas são os sub’s.

      Haddad nunca trabalhou, chegava tarde À prefeitura de SP e nos finais de semana, sumia.

      O Lula então, como PR, só sabia fazer discurso em palanque cheio de cachaça na cabeça e tramar contra o país. Ou vai dizer que ele trabalhou nos 8 anos em que lá esteve?

  3. “Os esquerdistas, contumazes idólatras do fracasso, recusam-se a admitir que as riquezas são criadas pela diligência dos indivíduos e não pela clarividência do Estado.”

    “É divertidíssima a esquizofrenia de nossos artistas e intelectuais de esquerda: admiram o socialismo de Fidel Castro, mas adoram também três coisas que só o capitalismo sabe dar – bons cachês em moeda forte; ausência de censura e consumismo burguês; trata-se de filhos de Marx numa transa adúltera com a Coca-Cola…” (Roberto Campos)

    Traduzindo: Canalhas ao extremo.

  4. “O PT é um partido de trabalhadores que não trabalham, estudantes que não estudam e intelectuais que não pensam.”

    “Nossas esquerdas não gostam dos pobres. Gostam mesmo é dos funcionários públicos. São estes que, gozando de estabilidade, fazem greves, votam no Lula, pagam contribuição para a CUT. Os pobres não fazem nada disso. São uns chatos.” (Roberto Campos)

    Traduzindo: São uns pulhas.

  5. Conto com o apoio do Fami, do Goy, do Francisco e do Vermelhão…

    Aliados ao presidente Bolsonaringa participaram do primeiro turno das eleições 2020 por partidos como Republicanos, Patriota, PRTB, PSL e PTB. Para o próximo pleito — a ser realizado em 2022 — a ideia é reunir todos em uma só agremiação partidária. Para isso, um grupo organiza ação em prol da criação da legenda Aliança pelo Brasil.

    http://www.instagram.com/aliancapelobrasil/

  6. Pingback: PUNIÇÃO COM TRABALHO FORÇADO | JORNAL DA BESTA FUBANA

Deixe uma resposta para Roque Cunha Cancelar resposta