6 pensou em “UM LADRÃO ELOGIANDO OUTRO

  1. O sujeito para reconhecer o caráter das outras pessoas, esse tal de Lula.

    Não erra uma.

    Também, para ele é fácil.

    Mede os outros pela sua régua.

  2. Isso é mais uma çacanagem contra Lula: Ele não tem bola de cristal, nem detetives apurando a vida dos políticos, aliados ou não. Até outro dia mesmo Aécio Neves era o supremo candidato a presidente da república, até cair em desgraça. Possivelmente, Lula admirava o político pelo que ele mostrava (e, aliás, o Ricardo Coutinho ainda está sendo investigado, sem culpa formada).

  3. Caceta, Goianovski, a culpa só é formada ao fim do processo em 1a Instância. Todos os invesitigados o são por indícios. Ao fim do processo investigatório, a PF aciona a Procuradoria, que se achar que há provas, indicia o réu e aí a justiça segue seu curso.

    • Isso, isso, isso, John Doe, o cara está sendo investigado e ainda não há culpa formada, foi o que eu quis dizer para adiantar que apressado come cru, pois vai que o cara seja inocentado. Mas o que eu quero dizer, mesmo, é que os políticos se batem e se afagam, conforme o momento e as convergências, de modo que atribuir falha de caráter ao Lula porque ele elogiou Aécio Neves é uma majestosa e projolética besteira.

  4. Como alguém já falou se o ex-presidente presidiário elogia algum político dizendo que ele é honesto e merece o voto da população o MP deve aprofundar as investigações sobre o dito cujo elogiado pois com certeza vai achar delitos. O cara não erra um elogio!

Deixe uma resposta para Goiano Cancelar resposta