UM JONH BANÂNICO

Edilson Henrique Gonçalves, de 24 anos e Jonh Deivid da Silva Carvalho, de 27 anos, moradores na cidade de São Bernardo do Campo (SP), foram presos na madrugada deste sábado após serem flagrados com 165 quilos de maconha e 2,8 quilos de skank.

Os dois foram presos após fugirem de um bloqueio do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) na MS 164, na região do Copo Sujo, próximo ao distrito de Vista Alegre, em Maracaju.

De acordo com informações, a dupla estava em um Onix cinza com placas de Belo Horizonte (MG) e trafegavam no sentido Ponta Porã a Vista Alegre.

Foi dada a ordem de parada pelos policiais, mas eles não respeitaram e fugiram.

* * *

Os dois presos moram em São Bernardo do Campo, terra de Lapa de Corrupto, e esta notícia saiu no jornal MS em Foco, do Mato Grosso do Sul.

Este fato se assucedeu-se sábado passado, dia 9.

Eu li a notícia e fiquei matutando por conta do nome de um dos traficantes: Jonh Deivid.

É “Jonh” mesmo.

Não é o John americanizado. O dele é Jonh abananicado.

E o sobrenome também é banânico: Deivid.

Jonh Deivid é este que está do lado direito na foto abaixo.

Atentem para o lindo penteado dele:

3 pensou em “UM JONH BANÂNICO

  1. Na verdade,eles estavam usando a camiseta com o tema de Lula “livre” para não ser parado pela polícia rodoviária.

  2. Rapazes distintos e de nome bonito.

    Fico imaginando qual o motivo que levou os policiais a pará-los e depois fazer a revista.

    Só pode ser discriminação por serem pardos.

Deixe uma resposta para bruno henrique pereira de farias Cancelar resposta