A PALAVRA DO EDITOR

Na folhinha que me serve de agenda, e que fica aqui ao lado do computador, está registrado que hoje é o Dia Internacional da Amizade.

Ou, como se costuma dizer, o Dia do Amigo.

Pra mim, Dia do Amigo é feito Dia das Mães ou Dia dos Pais: é todos os dias do ano.

De 1º de janeiro a 31 de dezembro.

Curto, comemoro e me lembro todos os dias.

Ofereço aos meus queridos amigos, que não são poucos – inclusive a multidão de fubânicos -, esta linda música que está a seguir.

Trata-se de um poema que o grande compositor carioca Hermínio Bello de Carvalho escreveu em homenagem aos 80 anos do compositor pernambucano Capiba, intitulado Amigo É Casa.

Poema que está transcrito após a música, no final desta postagem.

Capiba musicou o poema que recebeu do amigo Hermínio e o resultado é esta composição que vocês irão ouvir agora na versão de Lenine e Zé Renato.

* * *

AMIGO É CASA – Hermínio Bello de Carvalho:

Amigo é feito casa que se faz aos poucos
e com paciência pra durar pra sempre
Mas é preciso ter muito tijolo e terra
preparar reboco, construir tramelas
Usar a sapiência de um João-de-barro
que constrói com arte a sua residência
há que o alicerce seja muito resistente
que às chuvas e aos ventos possa então a proteger
E há que fincar muito jequitibá
e vigas de jatobá
e adubar o jardim e plantar muita flor toiceiras de resedás
não falte um caramanchão pros tempos idos lembrar
que os cabelos brancos vão surgindo
Que nem mato na roceira
que mal dá pra capinar
e há que ver os pés de manacá
cheínhos de sabiás
sabendo que os rouxinóis vão trazer arrebóis
choro de imaginar!
pra festa da cumieira não faltem os violões!
muito milho ardendo na fogueira
e quentão farto em gengibre
aquecendo os corações
A casa é amizade construída aos poucos
e que a gente quer com beira e tribeira
Com gelosia feita de matéria rara
e altas platibandas, com portão bem largo
que é pra se entrar sorrindo
nas horas incertas
sem fazer alarde, sem causar transtorno
Amigo que é amigo quando quer estar presente
faz-se quase transparente sem deixar-se perceber
Amigo é pra ficar, se chegar, se achegar,
se abraçar, se beijar, se louvar, bendizer
Amigo a gente acolhe, recolhe e agasalha
e oferece lugar pra dormir e comer
Amigo que é amigo não puxa tapete
oferece pra gente o melhor que tem e o que nem tem
quando não tem, finge que tem,
faz o que pode e o seu coração reparte que nem pão

6 pensou em “UM GRANDE ABRAÇO PARA TODOS OS MEUS AMIGOS!!!

  1. Sentindo-me abraçado, abraço o amigo e mestre fubânico em data tão significativa (amigo que é amigo quando quer estar presente faz-se quase transparente sem deixar-se perceber), deixando ao final um fraterno beijo ao dona da zorra toda, extensivo à comunidade fubânica contada aos bilhões ao redor do planetinha azul (morra de inveja niu inhoque charlis).

  2. Pois é ……

    Amigos pra valer somente são reconhecidos na hora da amargura e da felicidade total,

    Amigos são aqueles que nos falam a verdade, do que estamos fazendo de certo e de errado, principalmente de errado…….

    E na hora do erro não vem com o “não te avisei ” e sim com ” o que está errado amigo ?” e com o famoso “vamos lá, vai dar tudo certo” mesmo que o certo dele, não seja o “nosso” certo …….

    Felizes os que tem amigos, os que conseguem novos amigos e principalmente aqueles que mantém os velhos amigos …..

    Um dia a ser comemorado mesmo …….

    PS:Mestre Berto, legal demais esta modinha que conta a “história” e o “significado” da amizade ……

  3. Linda música, prezado amigo Luiz Berto! Obrigada pela parte que me toca! Grande abraço pelo dia do amigo! Muita Saúde!

  4. Um abraço amigo Berto, companheiro de todos meus dias, sempre trazendo informação, lazer e putaria para alegrar meus dias.
    Ah e abração também na doce Aline que aprendemos a conhecer no duro período pelo qual você passou e superou.
    Vida longa é o que lhe desejo daqui de São Paulo!!!

Deixe uma resposta