DEU NO JORNAL

O jurista, escritor, membro da Academia Pernambucana de Letras especialista em Fernando Pessoa, José Paulo Cavalcanti Filho, 73 anos, vai se inscrever para disputar cadeira Academia Brasileira de Letras, em 26 de agosto.

Postulará a vaga deixada pelo também pernambucano Marco Maciel, que morreu em junho.

* * *

Uma grande figura humana, um intelectual respeitável, um jurista de renome e um amigo muito querido, candidato à Academia Brasileira de Letras.

O que quero ressaltar é que um colunista do Jornal da Besta Fubana vai ser eleito e vestir o fardão da ABL.

José Paulo e sua esposa, a escritora Maria Lectícia, já são membros da Academia Pernambucana de Letras.

Brilhe mais ainda e faça muito sucesso, meu caro amigo!!! 

José Paulo e Maria Lectícia com este Editor, no terraço aqui de casa; a cachaça Maria Boa que está na mesa,  presente da amiga Violante Pimentel, foi colocada ali só pra enfeitar a foto: somos os dois abstêmios!

8 pensou em “UM FUBÂNICO NA ABL

  1. Parabéns Berto. Parabéns Dr. José Paulo. Assim que bater a foto com o fardão da ABL. Favor publicar no JBF para deleite de todos nós leitores fubânicos.
    Nobilíssimo editor.

  2. Berto,
    você, na condição de Papa, não estaria afim de promover o “Padre José Paulo”, a bispo ou mesmo cardeal da Arquidiocese do Recife? Creio que esta promoção poderia ajudar na eleição para a Academia Brasileira de Letras.

  3. Com essa modéstia o Padre José Paulo alinha-se aos seus confrades: Frei Caneca, Padre Roma e outros na Revolução dos Padres, em 1817, a primeira independência do Brasil.

  4. Se fosse por voto popular o nobre Padre José Paulo teria meu voto e minha participação na campanha para eleger este grande escritor para a ABL. Sabendo que se não fizer parte da ABL quem perde é a propria academia.

  5. Parabéns, querido Luiz Berto, por contar com a presença do ilustre Dr. Paulo Cavalcanti, entre os colunistas do Jornal da Besta Fubana!

    Muito justa, a entrada desse grande Escritor na Academia Brasileira de Letras. .

    Obrigada, por prestigiar a cachaça “Maria Boa” na decoração dessa simpática mesa!

    Grande abraço!

Deixe uma resposta