A PALAVRA DO EDITOR

O fato assucedeu-se numa celebração maconhal-cocainaica acontecida no último final de semana.

Foi no dia em que Lula, o nosso Corrupto-Mor, completava exatamente um ano de cadeia.

A erva correu solta e encheu de inspiração os talentosos artistas que se apresentaram.

Uma destas artistas, famosa no mundo todo, e que atende pelo nome de Letícia Novaes (vocês devem conhecer…), fez uma lancinante declaração, gritando que ela, a sua declaração, tinha vindo do cu“.

Isso mesmo: a declaração saiu do olho do cu da talentosa cantora, mesmo local por onde saem as suas bostas.

Do cu, do cérebro e do pentelho“, disse a brilhante guerreira lulaica, nivelando alguns dos órgãos do seu corpo num patamar coerente com o tipo de militância por ela exercido.

Enfim, o grito de guerra da moça, a bosta e o seu cérebro fazem parelha.

Este tocante apelo sensibilizou o homenageado, o presidiário Lula, que se encontra cumprindo pena por corrupção e lavagem de dinheiro, na acolhedora Curitiba, enquanto aguarda as próximas sentenças.

Pois o prisioneiro, proprietário do PT e homenageado com um protesto saído pelo cu, ficou tão comovido e com o coração em lágrimas, que reproduziu as palavras da moça no seu Twitter, @LulaOficial.

Vejam que lindo, vejam que momento de fantástico brilho banânico-macunaímico, digno e à altura do linguajar petêlho:

 

Deixe uma resposta