15 pensou em “TOFFOLI OBRIGA LAVA JATO A COMPARTILHAR DADOS

  1. desejar que alguem morra, e esta pessoa morrer tem uma enorme distancia. o presidente vai sarar e ficar vivo para ser reeleito, o homem é foda , tamo juntos bolsonaro , e a oposição maldita chupaaaa que a cana é doce.

    • Este Francisco meu xará é porreta.

      Compartilho seu pensamento. Apenas acho que influenciadores de grandes jornais podem induzir os Adélios da vida a agir, portanto não podem externar este desejo de morte ao PR, quase uma súplica aos incautos, de maneira impune.

      • Nobre Janjão,

        você agora tem dois doppelgänger no JBF.

        O acima de você é o bom.

        O de baixo, um boca de fossa que tem como pontuação de ironia escrever “tchê” (e achar isso engraçado).

        • És alemão ou gostas da língua? Heil Hitler!

          Io parlo comme voglio, y tu no tienes nada con eso, caray!

          Acho que há vários cursos de boas maneiras para crianças de mente suja pela Internet. Aproveita e se inscreve. Assim podes crescer sem a ameaça de virar sabão.

          Quanto ao seu “boca de fossa”, só tenho a dizer “Vai te catar vagabundo!”

          E se apareceres em Bagé avisa antes que te apresento uns machos.

          • “E se apareceres em Bagé avisa antes que te apresento uns machos.”

            Conheces todos? Já os testou?

            Francisco, não me envergonhe e não desonre seu nome.

          • Chiquinho,

            perdão pelo erro em te chamar de “boca de fossa”:

            eu achei que fosse só a boca, mas vossa massa cefálica te torna o primeiro ser vivo cujo sistema nervoso é uma pilha de diarreia de mendigo rural e com direito a presença de cisticercos.

            Não sei falar alemão, mas pela saudação realizada por ti, assim como o bigodinho líder do Terceiro Reich, deves curtir uma parafilia sendo toda escrita sua é antecedida por uma sessão de mijada e cagada por toda sua fuça de cassaco de cemitério, pois é o teu combustível, tua força-motriz, sem o qual você tem o mesmo ânimo de um mineral.

            Pode deixar que, passada a pandemia, deixar-te-ei a par de quando eu for a Bagé. Terei um grande prazer em conhecer a ti e teus 171 irmãos de origem incestuosa (sendo alguns deles também seus pais e filhos) para lhes dar o primeiro banho da vida em algum hidrante próximo de seu ermo, vaciná-los, dar vermífugos e alfabetizá-los.

            Inclusive apresentar-te-ei o Silvério, minha tora de jatobá de cinco quinas que já ensinou muito bípede com alma de quadrúpede a ler, pois “se escrever e não ler, o pau come”. Você será o aluno preferido dele em toda a chusma de degenerados que partilham da mesma genética defeituosa sua.

  2. Não quero que ele morra. Que se cure para continuar fazendo bobagens, como impedir a destruição da Amazônia (afugentando investidores – o que é uma barbaridade), negação da pandemia, estímular o gabinete do ódio.

    E as rachadinhas, chegarão até ele? O queiroz enquanto sob proteção das milícias e do STJ, não vai falar, mas, até quando?

    Quosque tandem, BolsoNero, abutere patientia nostra?

    BolsoNero será conhecido no futuro como “O Negacionista” ou “Destruidor de Ministros” ou “Protetor de Weintraubs e similares”

    Cara, o PT só roubou, cara.

  3. Sendo consequentalista eu torço pro presidente da grupo Folha pegar o covid e ficar entubado e em coma por uns 2 meses mas em morrer .

  4. A esquerda ainda não aprendeu que falar, escrever, colocar vídeo ou qualquer referência a Bolsonaro não se mostra eficaz. São quase dois anos em que toda a esquerda brasileira e mundial, ao invés de trazer para o debate formas de tirar o Brasil e o mundo das crises que surgem em decorrência do viver da humanidade neste planetinha, perde precioso tempo dando ibope para Jair Messias Bolsonaro (talvez o nome próprio mais comentado no mundo, seja como Jair, como Bolsonaro ou como os idiotas apelidos que lhe ofertam.
    O que faz Bolsonaro? Se diverte.
    Há uma máxima, que, possivelmente ele usa e abusa ao máximo: falem mal, mas falem de mim.
    Observem os senhores que ele sempre lança uma frase, uma palavra, um texto que mexe com a esquerda.
    Método, isso se chama método.

    Ensina um dos grandes da literatura:

    “O contrário do amor não é o ódio, e sim a indiferença.” Érico Lopes Veríssimo

    • Esqueci o mais importante: deixar meu abraço grande ao amigo Bernardo, que pacientemente seleciona essas maravilhas de vídeo para a gente comentar esse louco Brasil de hoje.

    • Prezado Sancho
      Comece a se preocupar quando a direita começar a falar. Eu votei no DD Presidente e não voto mais. Espero não ter que escolher entre ele e um petista qualquer. Será certamente uma Escolha de Sofia.

      Veja que se hoje houvessem eleições e um candidato que seja minimamente decente, com os seus índices de aprovação, poderia ir ao segundo turno, mas não ganharia.

      Se você fizer uma análise com média móvel, verá que ele só está caindo.

      Mas, de qualquer forma me preocupo com o cumprimento das promessas de campanha, dele ou de qualquer candidato. De uma maneira geral, antes das eleições o DD era

      – contra as fake news (agora é liberdade de expressão)
      – contra a política do toma-lá-dá-cá (agora se agarra desesperadamente ao Centrão)
      – a favor da prisão em segunda instância (hoje prefere ver o Lula solto do que ver a PF se aproximar dos filhos dêle)
      – a favor de um Ministério “técnico” (sem comentários)

      • Caríssima,
        Sou de direita, mas não considero Jair como tal. Voto nele por achar que os que se apresentaram como candidatos no último pleito e os que virão para 2022 serão os mesmo acrescidos de Moro e o apresentador da Globo.
        Infelizmente vamos para as urnas para votar no menos ruim.
        Acho a equipe de ministros escolhidos pelo Capitão como de alto nível, se comparados aos que vieram antes, em governos anteriores.
        Nosso problema é sempre este: esbarramos na mediocridade reinante.
        Creio que um governo como o de Bolsonaro, pelo horizonte que temos é o melhor que há. Mas (benedicto mas), gosto e desgosto é escolha de cada um.
        Para melhor análise, gostaria, se possível, que a estimada amiga, nomeasse, com comentários, quem seriam os ideais candidatos para substituir o Capitão em 2022..
        Beijo em vosso coração e até sempre.

  5. A BOZOMÁFIA é mesmo uma esbórnia. Os gângsteres que compõem o Gabinete do Ódio continuam patrocinando a farra do boi e o Gabinete virou uma verdadeira orgia ao se transformar no Loteamento do Ódio. Pois não é que, o jornalismo investigativo detectou que o tal do Tercio Arnaud Tomaz ganha 13 mil reais no gabinete do ódio do Palácio do Planalto e, pra variar, ele descolou também um cargo para sua mulher, Bianca Diniz Arnaud. Ela é lotada em cargo comissionado na Secretaria-Geral. com isso fica tudo em casa, a dois: marido & mulher…

    P.S1.: – E TOME ARROTAR CARÁTER, MORALIDADE, DECÊNCIA E DIGNIDADE.

    P.S2.: – 13 PAUS PARA FICAR FAZENDO PANFLETAGEM NO FACEBOOK.

    P.S3.: – SOMOS REFÉNS DE UM ANTRO DE BANDIDOS DA FAkE NEWS.

    P.S4.: – FALAVAM DA PUTADA PETRALHA, MAS A BOZOMÁFIA PRATICA O MESMO NEPOTISMO CRUZADO DAS ANTIGAS.

    P.S5.: – ISSO É O QUE PODEMOS CHAMAR DOS CAMISAS PARDAS DO BOLSONARISMO, OS CONHECIDOS MILICIANOS DA BAIXADA FLUMINENSE.

    P.S6.: E O QUEIROZ, HEIN, QUEM DÁ NOTÍCIA DELE?!?!?! JÁ DEVE TER SIDO ENVENENADO NO PRESÍDIO PELOS MILICIANOS…

Deixe uma resposta para Gonzaga Cancelar resposta