SANCHO PANZA - LAS BIENAVENTURANZAS

Sancho, ‘Tú no eres especial’: ¡Todo lo que tienes que saber sobre este personaje! Há que se beber da fonte de Camilo Castelo Branco, desta vez refletindo a respeito das mulheres: “Em cada mulher, quatro mulheres incompreensíveis, pensando alternadamente como se hão de desmentir umas às outras”.

Pela complexidade das mulheres recorro, ainda, a Alexandre Herculano: «Dai às paixões todo o ardor que puderdes, aos prazeres mil vezes mais intensidade, aos sentidos a máxima energia e convertei o mundo em paraíso, mas tirai dele a mulher, e o mundo será um ermo melancólico, os deleites serão apenas o prelúdio do tédio. » Alexandre Herculano, Eurico, o Presbítero [1844], 40.ª ed., Lisboa, Livraria Bertrand, s.d., pp. III-VII.

Apeteceu-me, ainda, citar Jorge Francisco Isidoro Luis Borges Acevedo quando dizia que escrevia para se distrair do amor. O leitor fubânico certamente já se deparou com mulheres belíssimas, mas (luxuriante mas), certamente não conheceu uma Ava; pois Sancho a leva em seu pensamento (“recarregaram-me as baterias” do entusiasmo no processo).

Ava, a mulher mais bela que alguma vez passou pelo cinema (e diante de meus olhos) estava à janela do Copacabana Palace naquele início de noite de 25 de dezembro de 2020… Por incrível que pareça, entediada, vejam vocês.

Seus olhos distraidamente encontraram o mesmo destino do olhar do frentista que, embevecido, a contemplava. Deu um sorriso (um daqueles que derretem icebergs), o que fez o “pobre diabo” tropeçar nas próprias pernas e se estabacar no chão. A musa riu do desajeitado sujeito, fechou a cortina e resolveu esquecer o insignificante ser.

As insistentes buzinas dos carros que estavam na fila de abastecimento provavam duas coisas: que havia muito a fazer antes de sonhar e que eles não haviam visto “a perfeição à janela” (quanto mau-humor em noite tão encantada…). Quando há muito trabalho as horas voam.

Antes que a noite dê lugar à madrugada, naquele mesmo horário onde “cinderelas” perdem seus sapatinhos, um vento gostoso afastara o calor e o frentista Sancho se preparava para encerrar o expediente, quando captou um perfume, virou-se e viu uma deusa. Cherchez la Femme – Deus fez o homem e disse: “Posso fazer melhor”; então fez Ava Lafrínia Garfner.

Ava abriu um daqueles sorrisos que encantam milhões de homens (quem me manda a mim ter vislumbres de luxúria diante de uma deusa?) e disse: – Ontem foi meu aniversário. Estou sozinha, carente… Qual o presente que você me daria?

Não pense em coisas maliciosas e pecaminosas, caríssimo leitor (hypocrites lecteurs, mes semblables, mes fréres), pois Sancho o decepcionará.

Subiram ao quarto da criatura mais bela que Deus moldou e, pasmem, conversaram (longamente, sobre tudo e sobre nada, mais do que seria suposto para duas pessoas que nada possuiam em comum e se encontravam pela primeira vez).

Sancho falou com a Srta Garfner sobre os divinos poemas de Jesus de Ritinha de Miúdo; da genialidade da família Braga Horta; do lado cômico de Mercedita (ou melhor, Rodrigo de León); do trio D.Matt, Maria Bago Mole e Cícero; das musas Violante e Dalinha; das fotografias fantásticas de Severino Souto; sobre um tal Carlinhos, que de funcionário padrão do BB, transformou-se em um colunista cheio de graça.

Contou tudo e um pouco mais dos intelectuais Rômulo, Bertoluci, Assuero (“laranja”, cafetão e segurança do Cabaré de um tal Berto), John Famigerado Francisco Doe, Adail Augusto Agostini, João Francisco, Joaquimfrancisco, Arthur Tavares, Pablo Lopes, JPCavalcanti e Marcos André; do juiz Mairton, que nas horas vagas dá show musical; do historiador Brito e do gigante cronista Carlos Ivan.

Falou, ainda, de um músico fantástico que dá canja no JBF trazendo-nos BOA VENTURA e com promessas de BONFIM; e não se furtou em falar de Adônis, o fubânico que deu a “volta ao mundo sem um balão”, mas (balonístico mas), sabe tudo de Julio Verne.

Enxugou gelo falando de mestre Zé Ramos… E, por fim, falou de Luiz Berto, um escritor genial, que, brincando de Deus, “pariu” um mundo chamado JBF (“I am the greatest” Muhammad Ali).

Minha professora nos ensinava, no banco escolar de Desengano (atual Barão de Juparanã) a ler começando com “Ivo viu a uva”. Sempre achei que “se eu fosse Ivo, gostaria de ver Ava”, tão saborosa e bela quanto a uva da professora do pequeno Sancho… Ontem foi dia de Ava e hoje é Natal.

Louis B. Mayer, se a tivesse conhecido, teria dito: ella era “el animal más bello del mundo”. Sancho concorda. Lembrei de um filme: Pandora y el holandés errante.

Abro um pequeno parêntesis em Ava para dizer que foi minha linda professora de português, a Srta Brigitte Silva e Sylva que me apresentou Hesse (“Nada lhe posso dar que já não exista em você mesmo. Não posso abrir-lhe outro mundo de imagens, além daquele que há em sua própria alma. Nada lhe posso dar a não ser a oportunidade, o impulso, a chave. Eu o ajudarei a tornar visível o seu próprio mundo, e isso é tudo ” Hermann Hesse).

Ainda bem que com ou sem parêntesis Ava é espetacular ou, como diria Hemingway… enfeitiçado pela beleza de outra Ava, disse o escritor Ernest Hemingway: “ela é a essência da feminilidade que as outras mulheres não sabem passar para os homens”.

Sancho lembra de outra Ava em The Barefoot Contessa, 1954, quando em uma taberna ela dança. Na verdade, aparece apenas sua encantadora sombra. Mas (enfeitiçador mas), é suficiente para dar a Sancho, com o efeito da câmera passeando pelo rosto embevecido da plateia, a nítida sensação de que faz parte da cena, vendo Ava em toda exuberância e beleza de o “animal mais belo do mundo”.

PS10: Toc, toc, toc… JBF?¡Eeeeeeeeoooooooo!… ¿Hay alguien ahí?… Supongo que estáis todos de vacaciones o, cuando menos, con las neuronas en otra parte. Este texto tem por objetivo homenagear: Ava Lavínia Gardner (Smithfield, 24 de dezembro de 1922), que por ser eterna, ontem aniversariou. E aos cronistas e comentaristas maravilhosos desta gazeta neste momento em que o ano vai chegando ao seu final. Um beijo imenso no coração de todos os que escrevem coisas maravilhosas neste espaço chamado Jornal da Besta Fubana, um reduto de seres extraterrestres de primeira grandeza. Se há vida inteligente em outros planetas, por qual motivo não se comunicam com a gente? Simples: ficaram tão viciados na leitura do JBF, que nas horas vagas não viajam para outros planetas, pois passam todo o tempo livre acessando as coisas de Berto e sua fantástica trupe – L’armata Bertoleone (o nosso Incrível Exército de Bertoleone). que filmaço aquele L’armata Brancaleone (O Incrível Exército de Brancaleone, Data de lançamento: 7 de abril de 1966, do maravilhoso Mario Monicelli).

PS13: Já que o jbf bate um bolão, falemos de “torneios de altíssimo nível”… Campeonato Brasileiro – Série D – Fase de Oitavas de Final

20/12/2020 PINHEIRÃO (MA)
Juventude Samas 2-2 Floresta

27/12/2020 CASTELÃO (CE)
Floresta vs Juventude de Samas

20/12/2020 ARENA ACREANA
Galvez 1-1 América-RN

27/12/2020 ARENA DAS DUNAS
América-RN vs Galvez

20/12/2020 CORNÉLIO DE BARROS
Salgueiro 1-1 Altos

27/12/2020 FELIPÃO 15:45
Altos vs Salgueiro

20/12/2020 BARRETTÃO (RN)
Globo FC 2-1 Fast

26/12/2020 ARENA DA AMAZÔNIA
Fast vs Globo

20/12/2020 19 DE OUTUBRO
São Luiz 0-4 Aparecidense

27/12/2020 ANÍBAL TOLEDO
Aparecidense vs São Luiz Berto

19/12/2020 GIGANTÃO DAS AVENIDAS
Marcílio Dias 2-1 Goianésia

27/12/2020 VALDEIR OLIVEIRA
Goianésia vs Marcílio Dias

20/12/2020 MUNICIPAL DE MIRASSOL
Mirassol 4-0 Brasiliense

27/12/2020 BOCA DO JACARÉ
Brasiliense vs Mirassol

19/12/2020 OLÍMPICO (GO)
Goiânia 1-1 Novorizontino

27/12/2020 JORGE ISMAEL DE BIASI
Novorizontino vs Goiânia

PS51: Crítica de Wonder Woman 1984: ¿Merece la pena ir al cine a verla? Si, si y si!!!! Los actores Gal Gadot, Chris Pine, Pedro Pascal y Kristen Wiig están soberbios y su banda sonora es apoteósica. La película consigue ser toda una experiencia gracias a la música de Hans Zimmer.

PS69: Tribes of Europa – A previsão de estreia é para o dia 19 de fevereiro de 2021 na Netflix – Ambientada em um futuro distópico, iremos nos encontrar no ano de 2074 com Henriette Confurius (vocês irão se encantar com a beleza da moça), Emilio Sakraya, David Ali Rashed, Benjamin Sadler, Oliver Masucci, James Faulkner, Robert Finster e Ana Ularu.

PS171: Você está preparado para aventura e emoção? En Marvel Studios siguen a conectar todos los proyectos (formarán una espectacular trilogía del multiverso): WandaVision, Spider-Man 3 y Doctor Strange y el Multiverso de la locura se combinarán para formar una “trilogía multiverso”

PS1000: Aguardemos… Séries a sério: Netflix apuesta en series del mundo de los videojuegos: The Witcher, Resident Evil, Las Crónicas de Narnia, One Piece, The Sandman y Assassin’s Creed.

PS1001: Shadow and Bone (previsão de lançamento para abril de 2021) tem como protagonista Alina Starkov (interpretada por Jessie Mei Li)…Elenco: Archie Renaux, Freddy Carter, Amita Suman, Kit Young, Ben Barnes, Sujaya Dasgupta, Danielle Galligan, Daisy Head, Simon Sears, Calahan Skogman, Zoë Wanamaker, Kevin Eldon, Julian Kostov, Luke Pasqualino, Jasmine Blackborow e Gabrielle Brooks.

PS1002: Em Roma, sê romano. Em jbf, sê fubânico… Sancho quer aproveitar este momento para desejar um ótimo Natal e um Ano Novo espetacular para Luis Fux, um presidente de STF que está fazendo um ótimo trabalho à frente da nossa Suprema Corte e o mesmo para uma mulher maravilhosa: ‘The Marvelous Mrs Destefani’ – Bárbara Zambaldi Destefani – Mais mió di baum!!!! Além das montanhas, do pão de queijo, do minério de ferro, do ouro e dos diamantes, as Gerais também nos deram a Bárbara! Êita muié que me dá um orgulho danádibão, sô! Deseja, ainda, Sancho, que a recuperação de Eustáquio seja repleta de êxito em todos os sentidos e que ele volte ao “jornalismo investigativo” o mais rápido possível (estou orando por sua saúde, caríssimo!).

PS1003: Já que o jbf bate um bolão,continuemos a falar de “torneios de altíssimo nível”… Copa do Brasil 2020 – Fase Semifinal
23/12/2020 ARENA DO GRÊMIO – Grêmio 1-0 São Paulo
30/12/2020 MORUMBI – São Paulo vs Grêmio
23/12/2020 ALLIANZ PARQUE – Palmeiras 1-1 América-MG
30/12/2020 INDEPENDÊNCIA – América-MG vs Palmeiras

PS1313: E vem filmaço por aí… Thor: Love and Thunder (Chris Hemsworth as Thor, Tessa Thompson as Valkyrie, Natalie Portman as Thor/Dr Jane Foster, Taika Waititi as Korg, Christian Bale as Gorr the God Butcher, Jaime Alexander as Lady Sif) se estrena el 6 de mayo de 2022.

27 pensou em “TODA EVA DEVERIA CHAMAR-SE AVA

    • São tantos os atributos, tanta maestria em cada função que desempenhas e tanta admiração granjeada (Sancho é fã de carterinha, camiseta e crachá) ao longo de sua jornada fubânica como cronista e comentarista, além de profissionalismo e carisma como administrador da ZONA de baixíssmo meretrício às quintas, caríssimo Assuero…

      E ainda tens que pagar o aluguel no coração de Sancho, onde fazes morada há muito tempo ao lado de uma trupe que aqui habita. E o melhor: o contrato de aluguel não tem data de término.

      Abraça Sancho o amigo e a todos que lhe são caros. Com a permissão de Deus certamente estaremos no 2021 que se avizinha nos reunindo no jbf e no cabaré de todos nós. Até sempre!!!!!

  1. Grande Sancho…. !!!!

    Conheci sim uma linda, unica e estonteante mulher……

    Quando a vi pensei…..

    “Ava” Maria que fantástica

    E quando a toquei………. Acordei…. !!!

    Pois é………

    • Ave “Ava” Maria, a conquistadora dos sonhos do imenso Arthur, um daqueles caras que a gente desejaria encontrar no happy hour todo fim de tarde para entre brejas e brejeiras morenas no cabaré do Tio Berto, procar ideias, rir, traçar, enfim, o destino do Brasil.

      Um grandioso final de ano a ti, Arthur, e a todas as “avas” que fazem parte de seu existir. Abração, irmão!!!!

      • Como dizia meu avô….. Modéstia é pra quem de ter..

        Grandes crônicas, grandes histórias e estórias, um excelente divertimento e um ótimo aprendizado….

        Com certeza um happy hour, com um dos representantes icônicos do JBF, seria, ou quem sabe um dia será, muito divertido…..

        Parabens pelo ano esplêndido ano e espero que voce tenha um novo ano para realizar seus melhores sonhos…..

        Um grande abraço Fubano

    • Ivan, o terrível e incrível. Um destes colunistas fubânicos que Sancho visita a cada semana para aprender um pouco mais… A ti meu desejo de que este final de ano seja maravilhoso, que 2021 seja fantástico e que Deus o inspire a cada crônica para que a maestria de seu texto jamais se perca.

      Um abração sanchiano a ti e a todos que você ama neste momento de FESTAS em família. Que Deus o ilumine e acompanhe nesta nossa jornada fubânica e vivânica..

      • Iluminado Sancho, o meu muito obrigado pelos votos natalinos. Retribuo no mesmo tom, na esperança que 2021 fertilize cada vez mais esta visionária mente. Tudo de bom procê.

    • Aninha… Pela primeira vez a chamo de Ana, pois sempre a chamei de Paula. Que sejas a Ana de outros, pois para mim serás sempre a minha Paulinha. Beijão, querida filha.

      Fecho os olhos e ouço no auto-falante do velho hospital: Doutora Ana Paula compareça ao Centro Cirúrgico…

      Vá, filha, pois há o coração deste velho pai, que suas mãos de fada da área de Saúde sempre acode, pois bate por força de seu toque mágico (ah, como são maravilhosos esse anjos de branco. É, gente amiga, a minha Paulinha esteve e está na linha de frente do Exército de Branco que enfrenta diariamente a Covid-19).

  2. Melhores do Mundo…
    jbf es ‘un lugar para soñar’. Deixo aqui um beijo a todos os colunistas e comentaristas da turma do senhor Berto, que administra este espaço maravilhoso. Comento pouco, mas leio muito cada um desses cronistas maravilhosos.

    • Señora Gina,
      concordo em gênero, número e grau com seu comentário. E olhe que há os que pensam um pouco diferente, pois…
      há um que acha (veja a senhora) que esta Gazeta é o “máximo da podridão e ódio no coração”. Sim alguém certo dia postou este comentário (um direito do comentarista achar o que bem entender, segundo a “democracia bertiana”, que vigora desde sempre em nossa gazeta fubânica.

      Mas (buscador mas), eu, que diarimante (sempre que a venda de cocos permite) frequento todos os colunistas e comentaristas não encontro nada parecido com o tal “máximo da podridão e ódio no coração”, pois só vejo civilidade na troca de farpas e grande camaradagem entre 99,9% de todos que acessam o JBF.

      ÓTIMO final de ano a ti e a todos que lhe são caros. E continue prestigiando este espaço maravilhoso de TODOS os extraterrestres que nos visitam.

  3. Para o Goiano não reclamar que não falei de política: Se a eleição presidencial de 2022 fosse hoje, o presidente Jair Bolsonaro teria 36% das intenções de voto no primeiro turno, com ampla VANTAGEM sobre todos os demais candidatos, segundo pesquisa PoderData realizada de 21 a 23 de dezembro de 2020. Bolsonaro fica 23 pontos à frente do segundo colocado na simulação testada pelo PoderData (Bolsonaro 36, Haddad 13 e Ciro 10 são os melhores pontuados).

    Lembro apenas que no DATABESTA, o instituto mais confiável do Brasil, o Bolsonaro atinge mais de 90% do eleitorado a cada pesquisa posta no ar pelo editor bolsonarista lulistico Berto.

  4. Prezado Sancho.

    Muito grato por ter sido citado na sua muito aguardada coluna.
    Principalmente ao me incluir como um TRIO nos imaginativos e
    sempre muito divertidos acontecimentos vivenciados no Cabareth
    de Maria Bago Mole, criação genial do colunista Cicero Tavares.
    Na verdade, o personagem e os acontecimentos, são criações do
    genial colunista. Da minha parte, apenas meti o bedelho na sua
    estórias ( a convite, é claro ) e recebi alguns respingos das suas estórias.
    muito divertidas , o que me deu grande satisfação.

    Desejo para você e para todos os seus colegas colunistas do JBF
    um feliz ano novo e também para todos os meus colegas comentaristas,
    cuja importância , tenho certeza, é reconhecida por todos.

    Os comentários são e serão sempre benvindos, alguns raros exalam
    gazes podres, já alguns outros, vivificante puro oxigênio.

    • Master of the masters

      To Sir, with Love ( Ao Mestre, com Carinho, ou Ao Mestre com Carinho)…
      Mestre D Mestre Matt,

      Metes o bedelho e “otras cositas” lá no Cabareth mais famoso… Metes genialidade a qualquer obra.

      És Mestre Metelão na obra fubânica.

      Recorro a Tom Jobim: ♫ ♬ ♩Ah, se todos fossem, no mundo, iguais a você…♫ ♬ ♩

  5. Mestre Sancho,

    Endosso o comentário do mestre D.Matt. como prova de admiração do leruaite (papo branco ou preto legal de amigo para amigo, segundo Falcão) que o grande colunista despeja aqui nas páginas do JBF.

    Suas crônicas são hilaridades à diversão e arte.

    Obrigado mais uma vez por me citar em texto cômico e cheio de graças. Maria Bago Mole está rindo às berças por tornarmos pública sua história de cafetina que veio da seca, fez história e tornou uma vila sem vinténs no oásis de fartura, onde todas as putas arranjaram um homem para lhes prover, só ele manteve fiel a Bitônio Coelho.

    O amor explica a fidelidade.

    Feliz Natal, grande colunista, extensivo à família.

    O mestre é uma alegoria quando aparece no Cabaré do Berto.

    • To Sir, with Love ( Ao Mestre, com Carinho, ou Ao Mestre com Carinho)…
      Mestre Cícero,
      Peço desculpas por semana passada ter subido ao quarto com 3 quengas e saído de fininho sem pagar a conta. Não precisava ter mandado os capangas atirarem. Até hoje me dói o tiro que levei na bunda. Semana que vem retorno ao Cabareth da Maria Bago Mole para acertar a conta (espero juros baixos em nome da amizade). diz para a Jacira Peito Lindo que estou levando umas lembrancinhas para as meninas.

      Beijão, Ciço! Até sempre!!!!

    • Joaquimfrancisco, o homem que “pariu” o cronista Sancho. O que desejar para quem nos deu à luz na propícia época em que Maria ofertou ao mundo o filho de Deus? Dizem que extraterrestres não fizeram até hoje contato com humanos. Sancho discorda, pois aqui no JBF os extraterrestres como Joaquimfrancisco, João Francisco, FamigeradoFrancisco, Adail, Gonzaga, Rômulo, Arthur sempre fazem contatos imediatos em todos os graus.

  6. Obrigado pela parte que nos toca, Sancho! Vê se não some. Tua ausência está fazendo uma falta danada nas reuniões das quintas-feiras, inclusive quando elas são às terças!

    • Reconhecer a excelência dos Braga Horta (são tantos os BH… haverá algum NÃO GENIAL nas diversas safras?) é hontar o mérito, coisa em que me destaco como especilista. Uma pena que tenhamos nascido em um país de puxas-sacos e lambe-botas, que estão sempre prontos a aplaudir qualquer medíocre.

      Que se dê a honra e o mérito a quem realmente fizer jus. E me orgulha olhar a miríde fubânica e ver tanta genialidade, caríssimo Praga Torta, ops, BH.

      Beijão em vosso coração. Ah, um lembrete: estás com o aluguel atrasado referente ao quartinho vermelho que ocupas no coração sanchiano.

      He,he,he… Só me comuniquei com você para cobrar o aluguel. Eita inquilino caloteiro, meu Deus.

      Quase ao final… Desejo a ti e a todos os BH, em 2021, vários “insight” de genialidade ímpar, como é serventia dos que partilham tal nome de família.

  7. Realmente, Sancho. O termo AVA, em hebraico, significa “ela viveu”. Quando o criador “fez” (clonar não é novidade) o segundo ser humano, sem nome. A tradução, por corruptela linguística é que, erradamente, nominou EVA.

    Mas (apaixonante mas), fica marcado no seu maravilhoso relato, seu afã pela deusa do cinema, cuja encantadora criatura, o levou a alucinante déjà-vu.

    É sempre uma honra ser mencionado nos seus escritos, nobre caminhoneiro, pois cultura é carga valiosa na carroceria da sua imaginação – Por outro lado, é impossível não reconhecer a incomensurável satisfação e alegria de fazer parte do JBF, cujo criador, é a democracia em pessoa. Pois dá voz a todos (sou a prova disso), indiscriminadamente.

    Ninguém pode acusar Berto de machista, muito menos de homofóbico, haja vista Mercedita e Margot fazerem uso do tabloide para seus queixumes e lamentos – escritos ou nas lives – . principalmente quando você não se faz presente no eclético cabaré.

    Feliz Ano Novo.

    • O termo AVA, em hebraico, significa “ela viveu”. Quando o criador “fez” (clonar não é novidade) o segundo ser humano, sem nome. A tradução, por corruptela linguística é que, erradamente, nominou EVA.

      Caríssimo Marcão,

      Quem sabe o Criador ao nos dar Eva não nos deu Ava?

      Explico: Nossa Ava nasceu em Smithfield (24 de dezembro de 1922), podendo ser uma réplica perfeita que Deus resolveu “trazer de volta” ao convívio humano para a famosa “sessão colírio” que pobres mortais como nós fazemos jus.

      Abração sanchiano ao amigo Marcão (creio que já trocamos umas cem mil palavras ao longo de nossas jornadas fubãnicas).

Deixe uma resposta