DEU NO X

8 pensou em “TEM PAÍSES COM “MENAS” GENTE

  1. Pérola mesmo. Só falta o Ceguinho Goiano teimoso para esclarecer o que o Lula quis dizer com o “menas”. O resto a gente já sabe

    • Tá tudo descontextualizado, o estadista incorruptivel e alma mais honesta do Brasil disse aquilo num cenário bem diferente do atual, naquela ocasião era extremamente válido, hoje já não é, tanto que o estadista incorruptivel e alma mais honesta do Brasil tem outro pensamento.

  2. Este é Lula ainda em estado bruto, ainda não tinha sido lapidado pela “esquerda revolucionária” da USP e CNBB..

    Este Lula era a favor da pena de morte, do armamento da população de bem, de que os policiais reagissem quando enfrentassem ladões armados atirando para matar.

    A cara de espanto do Franco Montoro (esquerda fabiana) é um retrato do momento em que a esquerda vivia.

    Depois disso Lula, que podia até falar “menas”, mas não era burro; foi se adaptando e aprendendo com a esquerda e mudou completamente seu modo de agir, porque o pensamento, ete nunca mudou.

  3. Peço análise completa do grandiosíssimo pensador fubânico da nossa particularíssima esquerda jotabéfe que, com texto deveras elucidatório, confirme ou desconstrua a sapientíssima e barbudística tese lulística apresentada no vídeo.

  4. Poderíamos dizer ao LUla “revertere ad locum tuum”.

    Por mais incrível que se possa parcer, o Lula daquele tempo era muito mais transparente que hoje. Lá atrás ele dizia o que realmente pensava. Hoje, se interrogado pelos comentaristas do JBF diria “mas eu posso me enganar, não é?”.

    É sim, ele enganou todo mundo. E hoje finga qu não disse nada daquilo. Trapaceiro falastrão

    Cacildis!

    • Renato, isso foi antes de existir o PCC.

      O PT, fundado por intelectuais da USP e padres da Teologia da Libertação, inventou o Lula e o PCC.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *