A PALAVRA DO EDITOR

Se obrando de medo, a cumunista ateia Manuela d’Ávila foi hoje de manhã pra missa.

Rezou desesperadamente.

Ela tá com furico tão apertadinho que não entra uma agulha.

Chega faz pena…

Deixe uma resposta