DEU NO JORNAL

Após as primeiras apreensões da Operação Spoofing, que na terça-feira (23) prendeu quatro suspeitos de envolvimento na invasão de celulares de autoridades, um dos investigadores da Polícia Federal (PF) relatou que, ao puxar o “primeiro pelo” de uma pista, surgiu um “elefante”.

Uma das linhas de investigação dos agentes federais se baseia em rastrear a origem dos R$ 100 mil apreendidos em espécie no endereço de um dos suspeitos de invadir os celulares de autoridades e também do dinheiro identificado em contas dos investigados.

A PF vai investigar se as informações obtidas pelos hackers foram vendidas para outras pessoas.

* * *

E é um elefante pesado que só a porra!

Um bichão com o bucho cheio de bandidagens zisquerdóides.

Vôte!!!

Deixe uma resposta