DEU NO JORNAL

No mesmo dia em que se recusou a mandar o Senado tocar o impeachment do ministro Alexandre de Moraes, a “casa política” chamada STF cobrou do presidente da Câmara explicações sobre pedidos de impeachment de Jair Bolsonaro ainda não examinados.

* * *

Esta é a suprema justiça banânica.

O time de 11 urubus não tem um pingo de senso de ridículo.

Vergonha na cara e nas asas, então, nem se fala.

Deixe uma resposta