DEU NO JORNAL

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu 10 dias para o presidente Jair Bolsonaro explicar as agressões sofridas por jornalistas na Itália durante a cobertura da participação do presidente brasileiro no G20.

Toffoli é o relator da ação que foi protocolada no Supremo pelo partido Rede Sustentabilidade nesta segunda-feira (1º).

* * *

Mais uma que é culpa do Bolsonaro.

Lógico:

É Bolsonaro quem comanda a polícia italiana, que baixou o cacete no lombo da mundiça.

É pra arrombar a tabaca de Xolinha!!!

Vai catar o que fazer, desocupado supremo.

Procura uma lavagem de roupa.

Ou uma tuia de louça suja pra lavar, seu luleiro militante petralha.

Ou, melhor ainda, vai estudar pra ver se consegue ser aprovado num concurso de juiz de primeira instância.

O nosso querido véio bufão vai mandar um peido pro Tofinho.

Tofinho é aquele togado que tem um irmão padre.

Um sacerdote milionário e dono de luxuoso resort no Paraná.

Peida, meu véio, peida!!!

3 pensou em “SUPREMA OCIOSIDADE

  1. E depois vem colunista do Besta Fubana dizer o Brasil está a espera de um governo .
    O governo está aí . O STF é o governo , sob aplausos da imprensa oficial .

    PS e ainda não sei porque o MTST ainda não entrou com o mesmo pedido e exigiu que Bolsonaro pague a bolsa ditadura aos ” coitados do MTST ” que apanharam da policia italiana.

  2. Tofinho, “isplica” onde teu irmão padre Tofinho,,que fez “votos de pobreza” conseguiu aquela grana para se tornar sócio de um “resort” da mais alta qualidade e que você era freguês assíduo? A grana caiu do céu ou o capeta “emprestou” o dinheiro?

Deixe uma resposta