DEU NO JORNAL

Agosto começa neste sábado e nenhuma das previsões apocalípticas sobre o coronavírus se confirmaram.

Alguns “cientistas”, jornalistas de funerária, celebridades e “especialistas em infectologia” do Facebook calculavam mais de um milhão de mortos por covid.

Passaram longe, bem longe, e erraram feio.

* * *

Os jornalisteiros da imprensa funerária, junto com os assassinos que repudiam a hidrocloroquina, não têm um pingo de vergonha no fucinho.

É uma cagada atrás da outra, na maior cara de pau.

Pedi ao nosso velho bufante que apontasse a bunda na direção das redações e soltasse um míssil bem especial.

Um Coronapeidus-19 pra entupir as ventas dos jornalisteiros funerários com um fedor letal.

Peida aí, meu véio!!!

2 pensou em “SÓ VAI NO PEIDO

  1. Esta Gazeta Escrota tem um defensor do repúdio à HCQ. É aquele Sr. que chama o General Pazzuelo de exército (3 estrelas), de general cloroquina.

    Chama assim pois este General ousou distribuir o remédio aos estados e a quem pedisse e implorasse; para ser distribuído e usado dentro de um protocolo que indica o coquetel nos primeiros estágios da doença com acompanhamento médico.

    Agora estão começando a rever conceitos. Mas tem um problema. O Bolsonaro usou a HCQ, se curou com seu uso e está fazendo propaganda dela. Solução: falácia do espantalho para cima dele.

    Vamos falar que JMB foi bicado por emas, que quis dar o remédio a elas, que a ergueu como uma copa do mundo, que ele é ridículo, fascista, remedista, nazista….

    Olha, caso eu pegue a doença (toc, toc, toc na madeira) vou tomar os remédios com HCQ (já arrumei médico e quem os tem). Caso ocorra o que ocorreu com JB, ou seja, um resfriadinho, não vou só levantar a caixa como troféu, vou colocá-la no altarzinho de casa, junto a NS Aparecida e os meus santos de devoção. Ser[a acesa uma vela para cada dia que eu tomei.

  2. O filme “The perfect storm” descreve um conjunto de fatores (meteorológicos) que desembocam na “tempestade perfeita”…
    No bananil de hoje é isso que temos. O SFT aparelhado ideologicamente, a imprensa cretina e subserviente, políticos corruptos sem terem como agir, pelo menos como agiam, na era PT, os fãs de ficção, sim, porquê assim devem ser tratados os defensores do comunismo/socialismo e principalmente, um presidente eleito sem dinheiro, sem tempo na tv, sem render-se ao fisiologismo político, estão criando a “tempestade perfeita”!
    Cabe aos que querem um país melhor, mais conservador, mais afeito aos valores de família lutar para que o barco Brasil atravesse a tempestade, atraque e siga em frente.
    Como num barco, a esquerda são aquelas cracas no casco, grudadas, incomodando, enfeiando, sujando…
    Com o tempo bom é possível limpar o casco (do barco), tirando as cracas, esfregando, pintando…
    Nesse momento devemos focar na travessia da tempestade. Deixemos a limpeza (das cracas) para daqui a pouco!…

Deixe uma resposta para H. Romeu Pinto Cancelar resposta