SE BEBER, NÃO ESCREVA

Haddad mostra no Twitter o que acontece na cabeça de quem tenta acompanhar Lula numa noite de réveillon

“No final de 2015 estávamos em 2010, e com o impeachment de 2016 voltamos pra 2002. O MDB no poder em 2017 nos levou a 1985. E a eleição de Bolsonaro jogou a gente pra 1964. Vamos inventar um futuro e, se tudo der certo, esse ano só termina no ano que vem”.

Fernando Haddad, sem ocupação conhecida desde o fiasco nas urnas de 2018, mostrando no Twitter o que acontece a quem tenta acompanhar Lula numa bebedeira de réveillon.

4 pensou em “SE BEBER, NÃO ESCREVA

Deixe uma resposta