CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Sacrossanto Papa Fubânico…

este sacerdote da nossa imaculada congregação, pede a Vossa Santidade Fubânica “ispaiá” a noticia abaixo, de um escritor do mesmo calibre de Vossa Santidade, ao qual este humilde religioso faz a sua tese de doutoramento na Universidade Federal do Mato Grosso do Sul.

Eu estou fazendo meu doutoramento tendo esse excelente e sua obra conterrâneo paraibano como objeto de minha pesquisa.

Se for atendido, eu agradeço com aquela xinxada de peito heterossexual.

* * *

POLÍBIO ALVES LANÇA HOJE O LIVRO “ACENDEDOR DE RELÂMPAGOS”

O poeta Políbio Alves hoje, próxima quinta-feira (15), no Centro Cultural Banco do Nordeste, em Sousa-PB, o livro “Acendedor de relâmpagos”, seguido de uma bate-papo com o público presente. Lançada pela Arribaçã Editora, a obra vem sendo alvo de elogios por parte de leitores e da crítica literária. O lançamento em Sousa será às 19h30, na Biblioteca Inspiração Nordestina (CCBNB-Sousa).

Nascido em 1941, em João Pessoa, Políbio Alves é um autor cuja obra vem ganhando o mundo, com textos traduzidos para línguas como o castelhano e o francês. Autor de livros como “Varadouro” (poesia), “O Que Resta dos Mortos”, “Os Ratos Amestrados fazem acrobacias ao amanhecer” (ambos de contos) e de “La Habana Vieja: olhos de ver”, entre outros.

Agora, o poeta premia mais uma vez os seus leitores com uma obra de fôlego e cheia de significados. Seu mais novo trabalho, intitulado “Acendedor de relâmpagos” relata a saga do camponês Antônio Lavrador e diz muito sobre a nossa gente, de nosso país, num contexto de exploração pelo que vem de fora, num texto lírico, mas também forte, explícito, dolorido.

Políbio Alves tem trabalhos em antologias e periódicos, nacionais e em outros países como Estados Unidos, Alemanha, Portugal e Cuba. Detém vários prêmios literários, alguns internacionais. “Acendedor de relâmpagos” é mais um livro a fazer a diferença no cenário da literatura brasileira contemporânea.

Para acessar a página da Arribaçã Editora, clique aqui

Deixe uma resposta