CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Prezado Editor,

Li hoje pela manhã no Globolixo.com, que o impoluto Rodrigo Maia quer PEC contra militares no Governo.

Por incrível que pareça voltei a acessar o site para lhe mandar a cópia da reportagem, mas havia desaparecido.

Se essa for realmente a pretensão, primeiro que isso não é uma discriminação contra os militares, isto é, militofobia?

Segundo, como os roubos com os militares em alguns postos diminuiu eles estão desesperados.

Até concordo que da ativa não assumir algum cargo, mas se for par barrar até os da reserva, aí está escancarada a discriminação.

R. Caro leitor, para acessar a página da Gloolixo com essa matéria que você citou é só clicar aqui.

De fato, os que padecem dessa doença que você chamou de “militofobia” se cagam de medo quando um estrelado assume o comando de algum órgão.

Nas academias militares onde os oficiais estudaram e foram treinados, ladroagem e corrupção são considerados pecados mortais e passíveis de penas eternas nos quintos dos infernos.

As raras, as raríssimas exceções – que existem só pra confirmar a regra -, são repudiadas e solenemente execradas.