CÍCERO TAVARES - CRÔNICA E COMENTÁRIOS

Mução, gravando em 2000 para um programa do SBT

Há quase trinta anos no ar com o personagem fuleiragem Mução, criado a partir da observação dos trejeitos de um matuto de mais de sessenta anos de Cachoeira do Sapo, interior do Rio Grande do Norte, o humorista Rodrigo Vieira Emereciano se consolidou nos anos noventa graça à sua genialidade em saber atrair, conduzir, prensar, instigar e tirar do serio as pessoas com suas pedadinhas por telefone, levando-as ao extremo da raiva, “da pegada de ar”, da explosão de ódio por revelar apelidos de supostas vítimas, apelidos esses revelados por amigos, familiares…

Nascido em Natal em 08 de outubro de 1977, Mução ficou famoso em todo o país, e em especial por suas pegadinhas por telefone. Ele é sucesso de audiência com seu programa A Hora do Mução, que é transmitido ao vivo via satélite para diversas rádios, como Mix FM (São Paulo), BH FM (Belo Horizonte), Clube FM (Brasília), Pitombeiras FM (Senador Sá) e Mais FM (São José de Ribamar), além de várias rádios pelo país. Na TV, sua personagem já participou do programa Apito Final, da Rede Bandeirantes.

Mução começou sua carreira no final dos anos 1990 na Rede SomZoom Sat em Fortaleza do empresário musical Emanoel Gurgel, uma emissora regional com sede na capital do Ceará, e que distribui seu conteúdo via satélite para pequenas e grandes emissoras de todo território nacional. Em 2002 ele veio para o Recife, de onde apresentou seu programa até março de 2012, na Estação Sat, quando se mudou novamente para Fortaleza.

No início de 2013, Rodrigo Vieira, transferiu-se com sua trupe para o Rio de Janeiro. Da capital fluminense, passou a transmitir seu programa para todo o país sem nenhuma alteração no horário, formato, ou emissoras afiliadas, fazendo assim com que seus ouvintes não notassem a mudança. Esta mudança foi estratégica para Mução, pois teve a missão de consolidar o sucesso de seu personagem nas regiões sul e sudeste do país e aproveitar os eventos de 2014 (Copa do Mundo) e 2016 (Olimpíadas), eventos em que o Humorista participou das transmissões.

Rodrigo Vieira não revela sua verdadeira imagem. Exibe-se apenas caracterizado como sua personagem “Mução”, um senhor de meia-idade narigudo, e vestido com indumentárias características do sertão nordestino. Porém, é representado em seu site, redes sociais e peças publicitárias através de um desenho, que por muito tempo também foi caracterizado com a indumentária do matuto nordestino, mas hoje é mostrado vestido por trajes urbanos. Entretanto, em meados da década de 2000, deixou escapar uma imagem sua em início de carreira em uma reportagem sobre o fenômeno que seu programa estava se tornando no nordeste brasileiro. Hoje o vídeo pode ser encontrado em sites de compartilhamento de vídeos, como o YouTube, mas para manter o mistério de sua identidade, Rodrigo Vieira nega ser ele o locutor entrevistado na matéria. Mas o certo é que ele quer ver sua imagem como enigma por causa das pegadinhas que conduz com a habilidade de um gênio.

Deixe uma resposta