DEU NO JORNAL

Viviane Barci de Moraes atua em 18 processos que tramitam no Supremo Tribunal Federal (STF). Formada em direito pela Universidade Paulista (UNIP), a advogada é casada com Alexandre de Morares – ministro da alta Corte.

Viviane dirige o Barci de Moraes Sociedade de Advogados, escritório localizado no Jardim Europa, na cidade de São Paulo.

No quadro societário da firma de advocacia, além dos dois filhos (Giuliana e Alexandre Barci de Moraes), aparecem nomes proeminentes como Mágino Alves Barbosa Filho, ex-secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo (2016-2018), e Gabriel Chalita, que dirigiu a Secretaria Estadual de Educação paulista durante o governo Alckmin (PSDB), entre 2002 e 2005.

Na mesma época em que Chalita esteve no governo estadual, Moraes, que ainda não era ministro do STF, ocupava o cargo de Secretário Estadual da Justiça de São Paulo.

* * *

Linda tarde de sexta-feira aqui no Recife.

Um tempo maravilhoso.

Não vou me aperrear, nem estragar o meu dia.

Vou mesmo é curtir meu Brasil brasileiro!!!!

2 pensou em “REPUBLIQUETA FEDERATIVA DE BANÂNIA

  1. E tudo começou com o caso Marcela Temer x Hacker, um processo sem Lei e Ordem, sigiloso, sem provas das gravações no processo, sem perícia técnica, pena infundada, censura da imprensa, o mais rápido processo transitado e julgado da história da Justiça brasileira, uma obra-prima do Direito Autoritário.

  2. Não foi essa senhora que fez a mesma coisa que o marido? Não quiz passar pelo detetor de metais no aeroporto? Quanto a criação da figura de mandato de prisão em flagrante é mais uma invenção de um membro do stfzinho. O Alexandre inventou o mandato de prisão em flagrante, o Levan inventou a cassação do mandato sem a perda dos direitos politicos, o Gilmar inventou que um juiz ser padrinho de casamento do filho do acusado não demonstra a suspeição, o Fachin inventou a proibição da polícia fazer ações nas comunidades e depois ainda proibiu o sobrevoo de helicóptero da polícia nas comunidades, o Marco Aurélio inventou de libertar um criminoso perigosissimo pela falta de solicitação de extensão da prisão dentro do prazo de 30 dias neste caso eu gostaria de saber se o Marco Aurelio não te nenhum processo mais antigo do que 30 meses (sei que 30 dias é um prazo muito curto para o juiz decidir sobre uma ação penal). Espero não ser preso por causa dessa opinião!

Deixe uma resposta