8 pensou em “REDES SOCIAIS CENSURAM DONALD TRUMP

  1. Donald Trump precisa ser cancelado pelo Sistema. Ele, como um ex-presidente dos EUA, sabe demais e tem muitos seguidores

    A coisa vai piorar muito nos EUA a partir de agora e ter um personagem destes à sombra não é bom.

    Prendê-lo agora irá inflamar ainda mais as massas.

    Então o melhor para o Sistema é cancelá-lo e desacreditá-lo, o que farão com toda a força desde já.

    A máquina de moer reputações virá com força.

    Qualquer semelhança com o que possa vir no nosso futuro aqui do BR não é coincidência.

    • Eu sinceramente espero que o Brasil não seja alvo deste tipo de manifestações direitistas. A Ditadura já foi o suficiente

      Realmente concordo que o Trump vai ser uma pedra no sapato do Biden, a menos que os republicanos achem por bem anulá-lo.

      Quanto ao Facebook e Twitter, são empresas privadas e o que fazem é problema deles.

      Veja só, eu fui censurado aqui no JBF quando me assinava como John Doe, e ninguém protestou. Talvez tenha sido meio ditatorial, não?

      Atenciosamente

          • Pode citar Mateus 6:3 sim.

            Desde que não seja dizendo que são “esmolas” as doações feitas por nossos leitores.

            Este tipo de comentário inoportuno é uma ofensa ao leitor que faz a doação e uma ofensa ao jornal que ele ajuda a manter no ar.

            Uma questão de circunstância e oportunidade.

            Por isso tirei o seu comentário do ar, coisa que raramente acontece por aqui.

            Um comentarista arguto e inteligente do seu porte, que nos honra com a sua presença por aqui, vai entender o que digo.

            Tenho certeza que não precisarei desenhar.

            Grato pela participação e pela audiência.

            Bom final de semana.

  2. Uma notícia interessante para análise de meus colegas

    WASHINGTON — O presidente Donald Trump já preparou uma lista abrangente de pessoas a quem ele espera conceder perdão nos últimos dias de seu governo, segundo uma reportagem publicada pela Bloomberg na quinta-feira, 7.

    (…)

    O perdão incluiria funcionários de alto escalão da Casa Branca, parentes, rappers famosos e possivelmente ele mesmo, segundo pessoas com conhecimento do assunto.

    Segundo a matéria dos repórteres Jennifer Jacobs, Justin Sink e Josh Wingrove, da Bloomberg, a “maior questão na mesa de seus assessores legais é se ele tem autoridade para perdoar a si mesmo”, algo que foi levantado nas últimas semanas com pessoas de seu círculo próximo”. Ele já afirmou, em 2018, ter tal poder, mas é uma questão sujeita a disputas legais e jamais aplicada por um presidente.

    A matéria afirma que “um autoperdão pode também trazer uma imensa carga política e afetar uma futura candidatura à Casa Branca, com seus adversários certamente apontando que isso corresponde a uma confissão de que ele poderia ser processado.”

    Atenciosamente

Deixe uma resposta