RECEITA DO PREFEITO DOTÔ: OZONIO NO FURICO DO POVO


* * *

Este cidadão, Volnei Morastoni, prefeito da cidade de Itajaí, em Santa Catarina, virou celebridade depois da publicação deste vídeo aí de cima.

Tomou conta da internet, está em todas as redes, em todos os cantos.

Tornou-se notícia nacional e planetária.

Uma aplicação de ozônio, “via retal”, ou seja, no olho do toba, dois ou três minutinhos por dia.

Aplicação ligeira, rapidinha, de apenas dois minutos.

Com um “cateter fininho”, de modo que o bufante do munícipe não vai sentir nadinha, nadinha.

Pela receita do prefeito dotô, o cidadão irá tomar no rabo durante dez dias seguidos! Tomar ozônio, não custa nada ressaltar…

O leitor fubânico José Mauro, residente em Curitiba, me enviou uma foto mostrando o aparelho com o qual o burgomestre de Itajaí pretende injetar ozônio no fiofó dos contribuintes de sua terra.

Por uma questão de pudor, já que esta gazeta escrota é um lugar sério, um jornal puro e sem putarias, cortei a parte da baixo da foto, onde aparece o terminal da mangueira do extintor: uma pica com uma cabeça descomunal.

Vejam que armação da porra:

É só enfiar rabo a dentro e apertar o botão!!!

Depois que fui atrás da ficha desse prefeito, entendi perfeitamente esta terapia furical que ele está propondo.

O dotô prefeito atualmente é do MDB, mas começou sua brilhante carreira no PT.

Foi o fundador da quadrilha em sua cidade, no ano de 1980.

Ele foi filiado ao bando de Lula por 34 anos, e só saiu de lá em 2015.

Foi deputado estadual petralha por três mandatos e, em 2016, foi eleito prefeito de Itajaí já pelo seu novo bando, o PMDB.

Mas, como já sabemos, uma vez petista, para sempre petista.

É uma sina incurável.

Os vermêios-istrelados compõem uma raça de políticos que tem a tara de viver enfiando alguma coisa no boga do povão, seja um “cateter fininho” ou seja uma pajaraca bem grossa.

8 pensou em “RECEITA DO PREFEITO DOTÔ: OZONIO NO FURICO DO POVO

  1. Salvo erro , no Japão tem uma luta em que se injeta um gás no toba dos lutadores no momento da disputa . Puta que pariu os japoneses parecem gostar. É uma luta de força física e o gás em forma de peido sai de um dos contendores primeiro . Este então perde a luta. Prefeito nada original.

  2. Passo boa parte da vida a dizer mal do jornalismo, do das televisões em especial, e do praticado no Jornal da Besta Fubana em particular – e com toda a razão; o nível médio da pseudo-informação nunca foi tão miseràvelmente baixo. É ou não uma gazeta escrota? E quer saber? O JBF é viciante caríssimos; é hipnotizante, desconcertante, informante, impressionante, esculhambante e um ótimo remédio contra mau-humor e reza brava. Receite JBF em doses cavalares (ops, cavalares não, polodolares) para seu parente, amigo, vizinho, colega de trabalho e até para a bruxa da sua sogra.

  3. Surgiu a algum tempo , um video em que um pseudo Medico, informava que o Senor Abravavel, vulgo Silvio Santos, realizava esta terapia (???) pelo menos uma vez por semana, o cara que falou isso , afirmava de pé junto que funcionava, inclusive ele mesmo fazia uso, com menos assiduidade. Cada uma que aparece !!!.

  4. É hilário, mas é sério.

    Na realidade este é um tratamento que também pode ser feito retirando-se sangue do paciente, ozonizando o msangue e reinjetando-o. Até foi uma comissão de médicos ao Ministério da Saude recomendar o tratamento.

    Só que não há comprovação de sua eficiência, como tantas outras soluções.

    Mas que é hilário, ah isto é. Já se teve notícia de um engarrafamento de baitolas em Itajaí querendo aplicar o remádio via retal. E reclamando que dez vezes era pouco.

    Como diria o falecido Costinha: “Você tem alguma coisa com isto? Não? Então enterra doutor!”

  5. Excelente terapia para os petralhas e assemelhados, pois – já que são contra o KitCovid (hidroxicloroquina, …) – têm, agora, a solução anal predileta.

    É que todos esquerdopatas e todos esquedopatetas são uma forma híbrida antropoformizada de galinha.

    E, como todas as galinhas, têm um micro cérebro e adoram “tomar” no fiofó, para saírem – masoquistamente felizes – a cacarejar mentirosos elogios e falsas odes ao estuprador-mor delas, o LULADRÃO.

    Daí o porquê que esse “dotô” prefeito – que saiu do PT, mas o PT não saiu dele (pois é, ainda, uma GALINHA PETISTA enrustida) – optar por tal terapia anal.

Deixe uma resposta