DEU NO JORNAL

O governo Lula decidiu substituir o presidente da estatal Telebras, Jarbas Valente, indicado pelo PSD de Gilberto Kassab, por Frederico de Siqueira Filho, diretor de Vendas Corporativas da Oi Soluções, empresa que não consegue encontrar soluções para a própria sobrevivência.

No mercado, a substituição foi interpretada como “raposa da Oi no galinheiro”.

A Telebrás, como a Oi, ainda existe pela teimosia: extinta durante a privatização da telefonia, no governo FHC, a estatal foi ressuscitada nos governos do PT.

A escolha de “Fred” levanta a suspeita no mercado de que a interferência é para manter viva a agonizante Oi, às custas de quem paga impostos.

A intervenção do governo Lula objetivaria “salvar” a empresa considerada tecnicamente falida, com passivo que soma quase R$ 45 bilhões.

A Oi é velha conhecida do noticiário sobre corrupção nos primeiros governos Lula, que incluiu o envolvimento de um filho do presidente.

A escolha de “Fred”, da Oi, levanta a suspeita no mercado

* * *

Vou iniciar meu comentário repetindo a último parágrafo da notícia aí de cima:

A Oi é velha conhecida do noticiário sobre corrupção nos primeiros governos Lula, que incluiu o envolvimento de um filho do presidente.

Continuando:

A indicação do novo presidente Telebras é um gesto perfeitamente coerente com um governo safado e corrupto comandado por um Ladrão Descondenado.

Nada da espanto, nada de novidade.

Só revolta e nojo por parte do cidadão decente e do contribuinte brasileiro.

Essa quadrilha petralha um dia vai ser castigada pelos Céus e as labaredas pra queimar os furicos desses canalhas terão duração eterna, enquanto o chicote do Satanás trabalhará nos lombos deles.

Um comentário em “RAPOSA NO GALINHEIRO

  1. É ou não é a volta do Ladrão à cena do crime?

    Certo estava o Alckmin em 2018.

    Estava avisado e muitos ainda assim votaram.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *