DEU NO JORNAL

A Universidade de Wüppertal, no oeste da Alemanha, desmentiu Carlos Alberto Decotelli e informou que o novo ministro da Educação não obteve um certificado de pós-doutor pela instituição alemã.

A universidade esclareceu que o ministro conduziu pesquisas na universidade por um período de três meses em 2016, mas não concluiu nenhum programa de pós-doutorado, que, na Alemanha, dura de dois a quatro anos.

* * *

Como dizia Dona Menininha, minha avó por parte de mãe e preta do cabelo pixaim, quando num cagam na entrada, cagam na saída.

Minha saudoso vovó, que a gente chamava de Voêta, era uma filosofofeira que não errava uma.

O fato é que a coisa tá ficando afro-descendente.

Vôte!

E vamos começar o expediente desta terça-feira com a dupla Tião Carreiro e Pardinho cantando uma moda de viola bem gostosa!

8 pensou em “QUE COISA, SEU DOTÔ…

  1. O Cavalão do Planalto arrumou um marronzinho para ser o seu terceiro ministro da educação em apenas um ano e meio, pois não é que, o marrom mente num dia o que macaco não pula em um ano.

    P.S.: – Cavalão deveria contratar o falante técnico de futebol, Joel Santana, pelo menos é da sua área, ali das quebradas da Baixada fluminense…

  2. Mentiu no currículo, cai fora.

    O mesmo deveria ter acontecido dom a Dilma e o Mercadante que se colocavam como Doutores e não eram.

  3. Diante disso, duas coisas, e sem vulgarizar o uso do “Post Script” (já tá até faltando letra de tão gasto do uso que dão aqui):

    1) Decotelli é a “Joana D’arc Felix de Sousa da Direita”.

    2) Nenhum “zisquerdista” tem o direito de falar sobre tal equívoco visto que dos seus já se teve a iniciativa de nomear pro ministério mais crucial de todos, o da Casa Civil, o multi-réu multi-condenado do ABC, única e exclusivamente, para receber mais foro privilegiado do que já tem na condição de cidadão comum (sim, ex-presidente não é cargo ou autoridade), manobra esta tão fedegosa e sub-reptícia que irritou até as narinas despudoradas do super togado fedorento Gilmar “BBB” (Balbuciador Boca de Buceta), acostumadas com o odor das mais nauseabundas imoralidades e o próprio bafo de vagina mal-lavada.

    2.1) Currículo Lattes do demiurgo de Caetés para ministro da Casa Civil da Vaca Peidona: torneiro mecânico com o mobral incompleto e mais de trocentos Honoris Causa (e ainda se ruborizam com Pos-Doc sem doutoramento).

    • Sancho nasceu analfabeto, assim como seu pai permaneceu analfabeto até conhecer o JBF em 2013. Sem cursar qualquer curso MOBRAL – Sancho é da época do Mobral -, foi alfabetizado juntando palavras no Jornal da Besta Fubana (daí o grande amor de Sancho por esta gazeta escrota). Cinco anos ininterruptos de acesso, depois de muita dedicação à leitura do JBF nas horas vagas (Sancho hoje é caminhoneiro aposentado), mas (empoeirado mas), em 2013 estava nas estradas do Brasil conduzindo o pão de todos vocês pelas estradas da vida.
      PS 1: Sancho, o vulgarizador do uso e abuso do “Post Script” (já está até faltando letra de tão gasto do uso que dão aqui, segundo o Hell) vai mandar mais um.

      PS2: Aí vai: Quem quiser esse montoeira de nomes bonitos que o Hell citou, Sancho quando entregava hóstias na Catedral Metropolitana de São Paulo ou Catedral da Sé (a catedral da Arquidiocese de São Paulo) já viu “muita gente boa” comprando diploma de tudo que é título universitário. Não sei se tal comércio ainda corre solto aos pés da Catedral… Êita Brasil! Seu nome deveria ser República Federativa da Fraude.

      • Hoje diploma não serve nem mais nem pra papel higiênico, pois o papel é duro demais pra limpar o boga, e nem pode mais ser chamado de “canudo”, pois o papel não dura muito tempo enquanto se usa pra beber alguma coisa.

  4. PQP ……. Que merda …… !!!!

    São 16:40hrs. e o ” Doutor Honoris Quase ” já pediu demissão.

    Com certeza em um ministério tão sensível que já teve até como sinistro o CID Gimes – Aquele do trator para salvar vidas – há que se ter mais cuidado com esta nomeação ……..

    O idiota achou que não iam descobrir …….. como a ANTA, e o Mercadante acharam …….

    PQP, eu fico puto com este tipo de incompetência, até porque não é preciso uma porrada de títulos para ser um bom ministro da educação.

    Vejam que José Serra foi um bom ministro da Saúde sem ser médico e Lulla apesar de “Anarfa” e incompetente tem um MONTE de títulos “Honoris Causa” que deve estar no lixo

    Eu fico puto com uma merda dessas sem necessidade …….. Que vexame …..!!!!!

  5. Eu disse aqui há dias atrás, quando o ex-futuro ministro foi nomeado e surgiram diversos elogios ao mesmo, tenho medo da sua desconstrução quando deixar o governo.
    Parece que tava adivinhando!
    O país que já teve uma presidAnta feito Dilmandioca não tem direito de exigir currículo recheado de ninguém, infelizmente.
    Bolsonaro não tem oposição, sofre perseguição.

Deixe uma resposta