DEU NO JORNAL

Ao transferir o Conselho Superior de Cinema para a Casa Civil, presidente Bolsonaro critica o financiamento de filmes de longa metragem, como o de 2011, sobre uma prostituta.

“Não posso admitir filmes como Bruna Surfistinha com dinheiro público”, declarou Bolsonaro.

* * *

Me disseram que Bruna Surfistinha ficou puta com Bolsonaro.

Ficou puta mesmo.

Aproveito o tema para dar uma dica pros tarados fubânicos:

É só ir no Google e digitar a expressão “bruna surfistinha nua“.

Em seguida, clicar em “Imagens

Tirem as crianças de perto!

Aí vocês verão cenas artísticas extraordinárias, de um filme patrocinado por um órgão público com dinheiro do contribuinte.

Depois de ver as cenas, eu fiquei revoltado com Bolsonaro: num tem nada que cortar verba pra filmar putaria.

Tem é que aumentar a cota!

Deixe uma resposta