A PALAVRA DO EDITOR

Vi no Twitter muita gente do Ceará revoltada com a declaração de Bolsonaro de que o cumunista Flávio Dino, atual comandante do estado Sarnêico, era o pior governador da nação “paraíba”.

Diziam estas pessoas que Bolsonaro tinha errado.

Errado feio, muito feio.

E garantiam que o pior governador do mundo era o petista Camilo Santana, governador do Ceará.

Outro monte de gente, de outros dois estados, também baixou o cacete em Bolsonaro por ter falado este absurdo.

E diziam que os piores governadores daqui destas bandas eram os também petistas Fátima Anta Bezerra, do Rio Grande do Norte, e Rui Babaca Costa, da Bahia.

De minha parte, como cidadão “paraíba” natural de Pernambuco, garanto, assevero e asseguro que o pior governador da Nação Nordestina é o daqui do nosso estado, Paulo Idiota Câmara, mais conhecido como Paulo Oião.

Um dos maiores tabacudos já surgidos aqui na nossa terrinha desde a proclamação da república, um luleiro que, em pleno exercício do mandado de governador, vai à cadeia e visita um condenado por ladroagem.

Agora, se for pra julgar os governadores “paraíbas” pelo critério de Qual o Mais Mentiroso?, aí sim, o cumunista do Maranhão ganha a Medalha de Ouro.

Ele é o primeiríssimo lugar!!!

Como todo zisquerdóide autêntico, o tabacudo maranhense mente com o fucinho mais liso do mundo, todo lambuzado de Óleo de Peroba.

Confiram no vídeo abaixo:

Deixe uma resposta