A PALAVRA DO EDITOR

Hoje é o dia em que a Mãe de Calor-de-Figo limpa os dentes com uma escova fabricada com os pentelhos da sogra de Belzebu, a madrasta de Caralho-de-Asas come bimba de gato frita em sebo de bode, a nêga Espanta-Cacete amarra o pixaim com biliros feitos de ossos de cachorro doido, a madrasta de Cavalo-do-Cão come barro e caga tijolo pra levantar a caverna do Tinhoso, a cabôca Traça-Pica faz careta pra Tranca-Rua em cima de um pinico de loiça, a enfezada Catraia Sibita lava a priquita com o mijo da Besta Fera pra se enxugar com um pedaço da estopa de Maria Mulambo e a irmã de Pancanha cata chatos na barba do cabôco Papa-Cu.

É dia de ter muito cuidado, assim feito quem procura pinico com os pés no escuro.

Quem lê, gosta, aprecia e divulga o Jornal da Besta Fubana está a salvo e terá um dia excelente.

Assim como excelente terá este final do ano de 2019.

Já os farrapos humanos que falam mal mim que preparem o furico: o moleque Bimba-de-Alavanca tá pronto pra fazer sua parte.

Este é o Moleque Bimba-de-Alavanca, que está de plantão pra enrabar os muderninhos do puliticamente correto, os babacas, os idiotas, os transbaitolados, os lesos, os tabacudos e os militantes zisquerdóides; e fiquem de pregas preparadas Lula, Toffoli, Dilma, Maria do Rosário, Boulos, Haddad, Gilmar, Stédile, Gleisi, Lewandowski e mais 13 outros que estão aqui na minha lista, além dos componentes das redações da grande mídia banânico-oposicionista deste país. Serão devidamente enrabados e ficarão todos de furicos afolosados.

Deixe uma resposta