DEU NO JORNAL

* * *

Dia Estadual da Visibilidade Lésbica!!!

Uma porra dessas tinha mesmo que acontecer num estado governado por uma tabacuda do PT.

Deve ser pra dar visibilidade ao pé do bucho das sapatonas, e uma ficar olhando pro priquito da outra pra medir o tamanho do pinguelo.

Tem que ter ampla visibilidade pra fazer esta avalição.

É pra arrombar a tabaca de Xolinha!!!

“Cumpanhêro, esse dedo aqui é menor do que o grêlo das meninas!!!”

* * *

7 pensou em “PRA DEIXAR A TABACA BEM VISÍVEL

  1. O estado do RN tem praias tão lindas, é o mais próximo da Europa. Tem tanto potencial. Mas com uma governadora destas está condenado ao atraso. Uma pena.

  2. Quem souber a qual partido pertence essa assumidade vai ganhar um convite, de grátis, para o 58º casamento da Mariodete, também conhecida como Gretchen, a rainha conga, com direito a autógrafo do…….. da……… de Tammy.

  3. “Eita bixiga!”

    – A inspiração deve ser editor Luiz Berto. Aquele cabra é massa, “tem pareia não”. De vez em quando o Berto dá de mangar alguém com o Momento da Visibilidade da Pajaraca do Polodoro…
    Berto, temos que Instituir uma data no calendário do JBFpara o Momento da Visibilidade da Pajaraca do Polodoro.

    Albert Dickson (PROS), inspirado no Dia Estadual da Visibilidade Lésbica,a ser comemorado em 29 de agosto, trouxe à tona na quarta-feira, 23 de setembro, um projeto de lei cujo intento é implementar o Dia Estadual da Visibilidade Heterossexual no Rio Grande do Norte.

    “Somente lembrando que a heterossexualidade tem origem na Bíblia Sagrada no livro do Gênesis. E a ciência tem sido clara de que a perpetuação da espécie humana só ocorre por essa opção predominante entre os sexos opostos. Ainda que pouco lembrada e a mais atacada quando se fala em transtornos familiares e violência doméstica. Valorizar o papel do homem e da mulher na família como perpetuadores da espécie humana é nosso objetivo com esse projeto”, diz o texto.

  4. Como se deve tratar uma lésbica? Senhor, senhora, moço, moça, moçoilo, moçoila? Proponho que seja chamada de baitolo ou baitola. Melhor seria chamar de qualira!

  5. Não esqueçamos que fomos desgovernados por 14 anos por essas excrescências do partido quadrilha. Mais dois anos de meia sola do transilvano.

    Essas atitudes tresloucadas e indecentes refletem indignamente as décadas da acefalia esquerdopata.

    “Sunpunhetamos” que a mente tosca, medíocre, pulha e estulta.
    Dessa representante do quinto dos infernos estivesse como, outra, de novo, presid’anta.
    Teríamos então, o dia nacional da visibilidade greluda.
    PQP.

  6. Pingback: MARCOS ANDRÉ – RECIFE-PE | JORNAL DA BESTA FUBANA

Deixe uma resposta