DEU NO JORNAL

O governo da Argentina, por meio do Ministério da Saúde, abriu licitação no dia 30 de junho deste ano, para a compra de “materiais promocionais que têm como objetivo conscientizar e prevenir a disseminação de doenças sexualmente transmissíveis”.

A compra dos produtos, que incluem também maletas e dispensers de preservativos, foi autorizada por um valor estimado de 13 milhões de pesos, ou cerca de R$ 690 mil.

Conforme divulgado pelo portfólio do portal Compra, além dos dispensadores profiláticos e das pastas turquesa, serão adquiridos 10 mil pênis de madeira polida com 17 centímetros de comprimento por quatro de largura.

O valor atribuído para a aquisição de itens é de $ 13.371.100.

Os termos e condições da licitação foram divulgados em 1º de julho.

Foram quatro fornecedores interessados ​​em participar da licitação, encerrada na última terça-feira.

* * *

R. Um número bem significativo e que me me fez lembrar a dezena de um partido daqui do Brasil:

13 milhões de pesos para comprar, entre outras coisas, 10 mil caralhos de madeira nobre!!! 

Os governos comunos-socialistas-zisquerdóides já enfiam politicamente a pajaraca no rabo dos seus cidadãos.

Agora, a pica vai ser enfiar literalmente.

Picas de madeira polida com 17 centímetros de comprimento!!!

Os viados portenhos já estão reclamando do tamanho: eles dizem que apenas 17 centímetros não são suficientes pras atender suas necessidades, taras e desejos.

Acabei de enviar mensagem pra Gleisi Hoffmann com um pedido:

Solicitei que ela sugira aos seus cumpanheros argentinos que eles usem a imagem do nosso jegue Polodoro como símbolo desta licicitação caralhística.

Com um detalhe: de graça, sem cobrar qualquer cachê. 

“Estou à disposição do Ministério da Saúde argentino. Usem e abusem”

3 pensou em “PICAS DE JACARANDÁ

Deixe uma resposta