PEIDÃO NA EDUCAÇÃO

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta sexta-feira (10) por meio de uma rede social o professor e pastor evangélico Milton Ribeiro como novo ministro da Educação.

O novo ministro da Educação é militar da reserva do Exército e pastor da Igreja Presbiteriana de Santos.

Segundo o currículo na Plataforma Lattes, mantida pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), ele é graduado em teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul, doutor em educação pela Universidade de São Paulo (USP) e mestre em direito constitucional pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, instituição da qual é ex-vice-reitor.

* * *

De acordo com a Folha de S.Paulo, o novo ministros é muito feio, careca, bochechudo e se veste mal.

Já William Bonner, no Jornal Nacional, disse que Milton Ribeiro usava um cavanhaque ridículo debaixo do beiço inferior.

Enquanto isto, o Jornal da Besta Fubana descobriu que o novo ministro peida muito.

E peida fedido que só a porra!!!

Além de ser conhecido no meio universitário pelo apelido de Bigode-de-Escovar-Pinico.

Como diz Ceguinho Teimoso, esse nosso presidente é mesmo um destrambelhado!!!

8 pensou em “PEIDÃO NA EDUCAÇÃO

  1. Prezado Berto
    Você já está atacando o Ministro? Deixa ele trabalhar um pouco para que a gente veja o resultado.

    Pelo menos
    Não é analfabeto como o vélez
    Não é agressivo e inútil como o Weintraub
    Não é mentiroso como o Decotelli

    E a universidad Mackenzie é muio prestigisda na ára de educação.

    O poblm é que o MEC está aparelhado por olavistas.

    Vamos ver os resultados. A Educação precisa de rumos, políticas e diretrizes.

    • Vou repetir de novo, mais uma vez…

      Temos o ponto de interrogação e temos o ponto de exclamação.

      Mas o ponto de ironia faz uma falta danada.

      Ou, então, eu não estou sabendo escrever direito.

      Preciso rever o curso de escrita avacalhatória.

      • Papa Berto,

        use da minha modesta contribuição a nossa língua portuguesa (₢).

        Alt Gr (a direita da barra de espaço) + C.

        Isso dará a V. Santidade Fubânica o recurso que precisa para melhor entendimento.

  2. Concordo com o Papa Berto:

    ₢₢₢₢₢₢₢₢₢₢₢₢₢₢₢₢₢₢₢₢₢

    não se pode ocupar o cargo da pasta mais crucial, depois da Casa Civil, da Banânia se o peido feder.

    Mercadante, Poste Jaiminho e o superherói de Sobral, Retroscavadeira-Man, peidavam fragrância “aromas do campo”.

    Por isso serão reconhecidos aos longo dos séculos como patronos da educação ao lado de Paulo Freire.

    “É verdadeiro esse ‘bilête’.”

    ₢₢₢₢₢₢₢₢₢₢₢₢₢₢₢₢₢₢₢₢₢

  3. Muito difícil grandes mudanças na área da educação e cultura, tendo em vista que o marxismo educacional e cultural conseguiu hegemonia pra todos os lados. E é sabido que praticamente nenhuma Universidade fugiu ao marxismo. Tudo foi conduzido exatamente como Antonio Gramsci ensinou. E isto já faz mais de 30 a 40 anos. A curto prazo é quase impossível mudanças benéficas ao país. Para mudanças, verdadeiras, teremos de ter grandes rupturas com o passado esquerdista.

  4. Não sei se assume! Vão descobrir que lá pela década de 50, o pastor, ainda menino, era conhecido como “o campeão da punheta”! Não tem moral!

    • É militar da reserva , pastor, mas é militar . Foi atacado por um tal de Luciano Huck falador de merdas da globo. Vamos ver .

Deixe uma resposta