CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Bom dia meu Amigo Berto,

No dia de hoje transferi a ajuda para pagar o salário de Chupicleide.

Bem como se sobrar, compre um bisaco de milho para Polodoro.

Pois ele vai precisar de muita energia para enrabar a quadrilha do judiciário e do legislativo.

R. O dinheiro já está na conta desta gazeta escrota, meu caro.

Brigadão mesmo pela generosidade.

São vocês, leitores e colunistas, que sustentam este jornaleco nos ares, já que não temos qualquer patrocínio (embora a Toyota e o Magazine Luíza já tenham feito algumas sondagens…).

Além de ajudar no pagamento do salário de Chupicleide e na compra do bisaco de milho pra Polodoro, estas doações também são importantes para pagar o contrato mensal que temos com a empresa do Bartolomeu Silva, o eficiente técnico pernambucano, radicado em São Paulo, que nos dá hospedagem e manutenção.

Clique na imagem abaixo e visite a página dele. Veja que lá, entre vários outros, tem um depoimento deste Editor.

Bartolomeu fica aliviado e se rindo-se, todo dia primeiro de cada mês, quando faço o pagamento dos seus serviços e da excelente assistência que ele nos dá 24 horas por dia.

Quanto ao enrabamento da quadrilha de ladrões, canalhas, bandidos e corruptos do Judiciário e do Legislativo, pode ficar tranquilo que o nosso estimado jegue Polodoro já está treinando para cumprir esta importante tarefa patriótico-fudetícia.

Conforme você pode ver na foto abaixo, toda manhã Polodoro enfia a pajaraca na tabaca da égua Carminha, ansioso pra que chegue o dia em que irá cumprir sua missão enrabatória na Praça dos Três Poderes.

Deixe uma resposta