ALEXANDRE GARCIA

Palocci

Sabe o ex-ministro da Fazenda do governo Lula, Antonio Palocci, que tinha sido condenado junto com mais uma dúzia de pessoas por receber cerca de R$ 200 milhões em propinas da Odebrecht? Pois bem, todo mundo foi liberado pelo Superior Tribunal de Justiça porque os ministros “descobriram” que isso não é crime comum, é crime eleitoral, é só caixa 2.

Nesta quinta-feira (23), o juiz de execuções criminais, ao receber a decisão do STJ, autorizou Palocci a tirar a tornozeleira eletrônica. Ele havia sido condenado há 12 anos de prisão, depois reduziram para nove, mas já estava em regime aberto. Que história é essa? O sujeito está livre, mas “está preso” ao mesmo tempo, é uma coisa muito abstrata.

Mas é por causa da prisão em regime aberto que criaram a tal de tornozeleira eletrônica. Agora Palocci tem que devolver a tornozeleira e para isso pode colocar até no correio, nem precisa ir até lá. Aliás, ele já devolveu milhões de reais, mas não foi crime, segundo o STJ, foi “só” caixa 2.

Pois esse é o estímulo que se dá para crime que compensa para os brasileirinhos que estão tentando aprender o que é justiça, ética, moral, retidão e honestidade nesse país.

* * *

Novos empregos

Em novembro foram criados 324 mil novos empregos com carteira assinada. O ano vai terminar com mais de 3 milhões de novos empregos de carteira assinada. Isso tem algum significado? Tem, mas eu quero saber quantos mais entraram em atividade que produz renda, que cria a comida para ser posta na mesa da família, independentemente se a carteira está assinada ou não.

Sabe por que eu estou dizendo isso? Porque nesse país que tem tudo, tem natureza, tem potencial, tem riqueza, tem clima favorável, tem um povo maravilhoso, tem também um emaranhado legislativo que atrapalha a vida de todo mundo.

Lá no Tribunal Superior do Trabalho, por exemplo, uma turma da Corte, ou seja, um grupo de juízes, decidiu que há vínculo empregatício entre esse serviço de táxi por aplicativo e seus motoristas.

Isso é um desestímulo ao trabalho, porque como outra turma do tribunal decidiu lá em fevereiro, não há esse vínculo porque eles não têm horário. Eles param a hora que estiveram cansados, é só desligar o aplicativo. Os motoristas em geral usam esse Uber e outros como “bico” porque normalmente tem outro emprego. E se estão desempregados é porque precisam de uma atividade.

Por que desestimular o trabalho e a renda das pessoas? Um tribunal que justamente se chama “Tribunal do Trabalho” fazer uma coisa dessas. É por isso que tanto brasileiro vai para os EUA trabalhar e ganhar dinheiro — lá não tem Justiça do Trabalho.

* * *

Lua de mel

O Brasil e a Organização Mundial da Saúde estão em lua de mel. O Brasil fez doação de 10 milhões de vacinas contra Covid-19 para serem distribuídas em países pobres e o chefão da OMS, Tedros Adhanom, escreveu no Twitter, falando em inglês, mas na hora de agradecer, usou a palavra “obrigada”, em português, para o ministro Marcelo Queiroga da Saúde e para o ministro Carlos França, das Relações Exteriores. Estão se dando muito bem desde aquele encontro do Tedros com o presidente Jair Bolsonaro em Roma, quando tiveram uma conversa bem amigável.

* * *

Sem carnaval na Bahia

Interessante que o Comitê de Combate à Covid do município do Rio de Janeiro disse que para combater a Covid-19 tem que fazer o carnaval na cidade. Já o governador da Bahia, Rui Costa (PT), disse nesta quinta que quem fizer carnaval é um “irresponsável”. É uma missão “impossível”, para repetir o termo que ele usou – e por causa da gripe, não pela Covid.

Não sei se quem se vacinou contra a gripe nesse ano está protegido contra o vírus H3N2 da gripe. Talvez esteja protegido contra essa cepa, eu não sei, mas é possível. O fato é que na Bahia não vai ter carnaval.

* * *

Mensagem final

Feliz Natal para todos vocês, que tenham uma bela noite com toda a família.

1 pensou em “PALOCCI LIVRE, LEVE E SOLTO

Deixe uma resposta