SANCHO PANZA - LAS BIENAVENTURANZAS

“Que máquina estranha é o homem. Você o abastece com pão, vinho, peixe e rabanetes e o que sai são suspiros, risadas e sonhos.” Nikos Kazantzakis, escritor grego.

Fubânicos e diletos amigos… Eis um Conto de Natal à moda sanchiana (um regalo, um presente para você que me “aturou” por todo este estranho e singular ano)… un cuento de Navidad.

Sancho recorre a Ichihara Yuuko: “Tomate el tiempo necesario para crear tu propia obra maestra, porque el mundo es lo que haces de él.”…

Corria o ano de 2019, ou seria melhor dizer findava o ano de 2019 sem que vivalma neste Brasil suspeitasse do que ocorreria com Sancho e este mundão de meu Deus no transcorrer de 2020 (“Nem todos os anos que passam se vivem: uma coisa é contar os anos, outra é vivê-los.” Padre António Vieira).

A noite era fria, chuvosa e Sancho buscava um quase impossível puteiro aberto na noite paulistana naquele 24 de dezembro, mas (viciante mas), vício é vício (putas volatizam-se em natais, viradas de ano e carnavais).

O centro de Sampa totalmente vazio e a certeza que nada encontraria. Sem putas? Vamos às bebidas. Que tal um boteco? Começou o solitário homem a andar sem rumo fixo, alheio à iluminação natalina.

Um tanto quanto perdido, o pobre diabo entrou em uma rua estreita, mal iluminada pouco depois do sino da Catedral da Sé chamar os fieis para a Missa do Galo.

Iria Sancho reconciliar-se com Deus e entrar na catedral? Era uma em tão poucas opções possíveis na noite sem estrelas. Por onde andaria a estrela de Belém? Estará brilhando apenas para Rômulo Simões Angélica?

Mas (sinistro mas), no final da rua um filete de luz sob uma porta chamou sua atenção. Um letreiro de neón dizia: “último desejo”.

Milagre de Natal? Um bar aberto, como inesperado oásis na noite chuvosa e fria. Sancho entrou. Etta James cantarolava no vinil da velha vitrola.

¿Marilyn Monroe linda como só ela podia ser estava a sua frente? Miragem? Sancho se perguntou onde, por todos os diabos, se haviam metido os bêbados, as putas e os fanáticos por um tal “nine fingers”, um bom velhinho, que em noites iguais a essas entregava presentes; assim, com uma velinha a Deus e outra ao Diabo, durante um instante, Sancho considerou a possibilidade de ir ao encontro de um padre na Catedral.

Phodda-se o padreco disse de si para consigo, tirou o abrigo e tomou assento em um aconchegante e vermelho sofá (destestava vermelho, mas era a cor que imperava no recinto).

—Feliz Navidad, señor Pança –o saudou a belíssima bargirl (‘bunny girl’), com olhos, sorriso, perfume, corpo e voz da belissíma Monroe (la magia tiene dos lados, y no siempre son luz y oscuridad).

Sacho arqueou as sombrancelhas.
—¿Nos conhecemos? –perguntou.

—Claro, Sancho! Quem não conhece o caminhoneiro dono do Quixote Véi di Guerra –respondeu a bela -; o estaba esperando com esta deliciosa Vodka Three Olives Marilyn Monroe Strawberry ( “symbolic to Marilyn’s sweet, flirty, luscious and sultry personality”).

O caminhoneiro a contemplou com o cenho franzido. Porra, quase sete bilhões de almas deste mundo desconhecem totalmente minha existência (“A sociedade cria egos do tamanho de catedrais e a fibra ótica conecta o mundo a cada impulso de ego.” The Devil’s Advocate) e logo Marilyn o cumprimenta com tanta intimidade (há que se confessar o quanto Sancho ama a maior diva que “Roliúdi” produziu).

— Abri o bar exclusivamente para você.
—¿Quém é você?
O sorriso e o decote da tentação se ampliaram.
— Você o sabe, Sancho (“Somos o que fazemos. Nos dias em que fazemos, realmente existimos; nos outros, apenas duramos.” Padre António Vieira).
-¿Seria você a diaba que povoa meus sonhos?
-A bela criatura (“la beauté du diable”) sorriu em concordância.
—Esse é apenas um dos nomes que os humanos me conhecem; como sabes tenho muitos outros. Estrela da Manhã, Satanás, Nikolai Hel, Daredevil, LoisCiffer, Satã, Lúcifer, Lusbel, Diabo, Demônio, Belzebu, Asmodeu, etc, etc, etc…

—Por acaso estou em um pesadelo? Ou quem sabe, morto sem ter me dado conta do próprio óbito? –perguntei.

Marilyn deixou cair o vestido. Estava nua a avassalar os sentidos deixando vislumbrar que ali a sensualidade transborda! Que se há-de fazer?

—Não, señor Pança, sua ereção prova que estás muito vivo.

— ¿O que você quer? Buscas minha alma eterna ou algo parecido?

—Agora estamos falando a mesma língua, caríssimo (“l’air du temps”). Estamos com o estoque baixíssimo de escritores consagrados no inferno e pensamos em ti.

Agora quem sorriu foi Sancho.
—Porra, diabo, eu sou caminhoneiro. Errastes redondamente gramunhão, pobre e incompetente diabo.

O bodão em corpo de deusa deixou de rir, lançou fuzilante e colérico olhar a este que vos escreve e soltou barulhento e fedido peido. Disse, tronitonante:
—Hoje é o aniversário de Jesus de Ritinha de Miúdo e por ordem de Deus tenho que fazer uma boa ação e não posso tumultuar a vida na Terra antes do amanhecer.

—Não fique nervoso, porra. é que não estou entendendo bulhufas. Errar me parece “não só humano, mas diabano também”, pois não sou escritor. Depois que Cervantes deu vida a Sancho, surgiram tantos “sanchos” mundo afora que errastes de sujeito. Creio ser hora de partir. Como não podes fazer ” o mal” nesta noite, creio que poderei partir sem problemas, não é mesmo!? Antes de partir, tire-me uma dúvida: ¿Cómo se llamaba el cuñado de Drácula?

— Muita “hora nessa calma”, Sancho. Eu nunca erro, raramente me engano e você “é o cara”, o Sancho que procuro. Subamos as escadas.

Retornara o sorriso («a banalidade do mal»), a voz e o perfume de Marilyn (“Apenas duas gotinhas de Chanel nº 5”. Foi com esta provocativa frase que, durante uma entrevista, Marilyn Monroe descreveu o que vestia para dormir e imortalizou o perfume da maison francesa.)

Escadas acima, um quarto, uma noite inesquecível onde Sancho aprendeu 69 posições para se fazer amor e a ultima coisa que recorda é a frase: “Quando fores um escritor consagrado eu retorno para te buscar”.

Acordou ao meio-dia. E lembrou de cada detalhe do pesadelo erótico da noite anterior e de tudo o que ficou por dizer e fazer, e de como ficou à deriva, no meio dos fragmentos do abandono. Mas (maledetto mas), o perfume dela ainda estava no recinto.

Estava assustado, mas (detalhístico mas), havia um detalhe que o aliviava. Não poderia ser escritor, muito menos famoso, pois era semi-analfabeto. Nunca frequentara uma escola, tendo aprendido a ler e a escrever, muito mal, por sinal, apenas o básico para sobreviver e calcular o frete.

Caiu na gargalhada. Enganara o diabo (“A carreira de um homem, a sua reputação e a sua vida estão em jogo. Isto não é uma brincadeira.” The Devil’s Advocate).

Quando parou de rir, seus olhos pousaram em um papel sob um tintinábulo que repousava sobre a mesinha ao lado da cama.

Dizia a missiva, que leu com muita dificuldade: —Meu nome é Luiz Berto, sou editor do Jornal da “Besta” (besta, besta, besta) Fubana e conforme contrato assinado, serás agraciado com pagamento em euros (25 mil por semana). Sua coluna será semanal (às sextas), terá o título de SANCHO PANZA – LAS BIENAVENTURANZAS e já tenho em mãos sua primeira colaboração, intitulada NENHUM CERVANTES ME PARIU!

PS10: Sancho aproveita o espaço para cravar: nunca é tarde, pois sempre é hora de homenagear Norma Jeane Mortenson e perguntar por onde andará o jovem Nikolai Hel, que escafedeu-se desta maravilhosa gazeta sem um pronunciamento sequer.

PS51: Para tristeza de Sancho… El Colegio Electoral de Estados Unidos confirmó a Joe Biden como ganador de las elecciones presidenciales.

PS69: ♫ ♬ ♩ Happy birthday to you / Happy birthday to you♫ ♬ ♩ Sancho deseja Feliz Cumpleaños a Steven Allan Spielberg, 18 de dezembro de 1946 (Cincinnati, Ohio, EUA). Spielberg venceu o Oscar de Melhor Diretor duas vezes por Schindler’s List e Saving Private Ryan, também venceu o Oscar de Melhor Filme por Schindler’s List. Suas obras mais conhecidas são Jaws, Close Encounters of the Third Kind, Raiders of the Lost Ark, E.T. the Extra-Terrestrial, Indiana Jones and the Temple of Doom, Indiana Jones and the Last Crusade, Jurassic Park, Schindler’s List, Saving Private Ryan, Catch Me If You Can, War of the Worlds, Munich e Lincoln.

PS171: Para alegria de Jesus de Ritinha de Miúdo e Violante… E tem gente que não gosta do governo Bolsonaro…O Ministério do Desenvolvimento Regional e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) divulgaram a abertura de licitação para a construção do Sistema Seridó, no Rio Grande do Norte (RN). O certame vai selecionar a empresa que vai elaborar o projeto executivo e estudos complementares. Sistema Seridó deve beneficiar as seguintes cidades: Acari, Bodó, Cerro Corá, Carnaúba dos Dantas, Caicó, Cruzeta, Currais Novos, Equador, Florânia, Ipueira, Jardim de Piranhas, Jardim do Seridó, Jucurutu, Lagoa Nova, Ouro Branco, Parelhas, São Fernando, São Vicente, São João do Sabugi, São José do Seridó, Santana do Seridó, Serra Negra do Norte, Timbaúba dos Batistas e Tenente Laurentino Cruz.

PS1000: UEFA Champions League – Fase de Oitavas de Final -Jogos de Ida:16 febrero Leipzig- Liverpool, Barcelona-PSG. 17 de febrero Porto-Juventus, Sevilla-Dortmund. 23 de febrero Lazio-Bayern, Atlético de Madrid-Chelsea. 24 de febrero Mönchengladbach-Manchester City, Atalanta-Real Madrid. Jogos de Volta: 9 de marzo Juventus-Porto, Dortmund-Sevilla. 10 de marzo Liverpool-Leipzig, PSG-Barcelona. 16 de marzo Manchester City-Mönchengladbach, Real Madrid-Atalanta. 17 de marzo Bayern-Lazio, Chelsea-Atlético.

PS1001: Campeonato Brasileiro – Série D – Fase de Oitavas de Final – Juventude Samas vs Floresta, Galvez vs América-RN, Salgueiro vs Altos, Globo vs Fast, São Luiz vs Aparecidense, Marcilio Dias vs Goianésia, Mirassol vs Brasiliense, Goiânia vs Novorizontino

PS1313: House of the Dragon – Os fubânicos que, como Sancho, estão com saudade de Daenerys, da Casa Targaryen (a Primeira do Seu Nome, Daenerys Nascida na Tormenta, Dany, A Não-Queimada, Mhysa, A Rainha no Outro Lado do Mar, A Rainha Prateada, A Rainha Dragão, A Princesa Que Foi Prometida) serão apresentado, BREVEMENTE, ao Rei Viserys Targaryen (vivido por Paddy Considine), Alicent Hightower (Olivia Cooke), Princesa Rhaenyra Targaryen (Emma D’Arcy), Príncipe Daemon Targaryen (Matt Smith) e Lord Corlys Velaryon (ainda sem ator divulgado).

28 pensou em “PACTO IMPACTANTE

  1. Estimadíssimo Sancho.

    Sem palavras.

    Ao nascer, tive dois privilégios na vida, que minha saudosa mãe, sempre gostava de repetir:

    1) Nasci no segundo domingo de outubro de 1965, dia do Círio de Nossa Senhora de Nazaré;

    2) E em Belém, não de Judá, mas do Pará.

    (Amazônico e Nazareno mas…..)

    E hoje, 18 de dezembro do ano da pandemia de 2020, o terceiro grande privilégio:

    3) ter sido lembrado em um extraordinário conto de natal do brilhante Sancho.

    Queria lhe deixar um presente, e a única coisa que me apetece, são os versos de um dos poemas mais singelos que conheço, da descrição do Natal da minha terra:

    PRANTO DIVINO (Firmino Sousa Filho)

    Um vento de chuva beijando a mangueira
    Afeto do tempo tão lindo não há
    Manhã, céu nublado quer-queira-ou-não-queira
    É certo é Natal em Belém do Pará

    Ah! … é Natal, humildemente nasceu Jesus Cristo
    E Belém … tudo bem!, é sua terra natal

    A chuva fininha lavando a cidade
    Diáfano manto tão puro não há
    Um pranto divino mostrando igualdade
    Pra gente que vive em Belém do Pará

    Ah! … é Natal, humildemente nasceu Jesus Cristo
    E Belém … tudo bem!, é sua terra natal
    Vamos olhar tanta pureza espraiada no ar
    E o luar de Belém por certo virá também.

    • De Santa Maria de Belém do Grão Pará para o Jornal da Besta Fubana…

      Caríssimo Rômulo: Isso me fez recordar famosa frase atribuída a um dos maiores jogadores do Sport Club Internacional: “Tenho o maior orgulho de jogar na terra onde Jesus Cristo nasceu” (Claudiomiro, ex-jogador do Internacional/RS, ao chegar em Belém do Pará). Dizem boas é más línguas que tal frase jamais foi dita, mas (falacioso mas), entrou para o folclore de frases “muito inspiradas e engraçadas” atribuídas a jogadores de futebol.

      Sigo a dizer que o timaço do jbf que o treinador Berto reuniu é tão “Galáctico” como aquele Real Madrid no qual pontificavam nomes como Zinédine Zidane, Ronaldo, Raúl González, Roberto Carlos, Kaká, Luís Figo e David Beckham.

      MAS (Amazônico e Nazareno mas), se a estrela de Belém do Nazareno não chegou até sua amazônica terra natal, Berto o fez e tu, señor Angelica, és uma das estrelas, como Professor de Geologia do Instituto JBF, que provoca terremotos em suas intrvenções em forma de texto e comentários, que brilham no sempre natalino Jornal da Besta Fubana.

      Imenso abraço, do tamanho de sua genialidade de seu amigo de fé fubânica e irmão fubânico camarada, o Sancho.

    • Múltiplo e querido Francisco de tantos nomes e versões, fazendo-se nosso Fernando Pessoa fubânico.

      Sempre enternece o coração do caminhoneiro receber um pouco de ti em forma de texto. Eres tantos e em todas as suas versões sempre buscas o diálogo, mesmo quando lobos fubânicos vorazes o atacam sobre suas posições políticas.

      Assim é feito o jbf: convergência e divergência na arte de jogar com as palavras.

      Torço sempre para que meus textos atraiam, como letreiro luminoso de puteiro, pessoas maravilhosas como você.

      Abração sanchiano neste ano que já se aproxima do final. Que nosso Natal e Ano Novo sejam o que desejarmos.

    • Imenso e querido Cardeal,

      Você também faz muita falta neste pequeno espaço que Sancho recebeu de Berto para escrever bestagens às sextas. Como o coração de nosso Papa é imenso, ele sempre assina e rasga minha carta de demissão a cada final de sexta quando constata a pobreza da escrita.

      Quanto às minhas participações no cabaré às quintas, tenho sentido imensa falta de ver os rostos “belíssimos” de todos vocês e de saborear a prosa deliciosa que é serventia da casa fubânica. Assim que a venda de cocos possibilitar e as chuvas de Sampa assim o permitir, estarei novamente e outra vez com esses “cabras fantásticos e arretados, que se reunem fraternais e inspirados sempre que se inicia a noite de quinta, qualquer quinta.

      Abração sanchiano, querido amigo.

  2. Texto de Sancho? Defino como Tiny Pretty Things: “Pequeñas cosas bonitas”.

    Querido Sancho,

    Que seu Natal e de toda a comunidade fubânica seja PERFEITO.

    • Sylvinha minha linda,

      Como está a nossa “gigantesca Desengano”?

      Beijão de Sancho em ti e em suas pequenas e lindas princesinhas.

      Diz pro Maurão que beijo pra ele não tem não. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. A 2ª temporada de The Witcher está em desenvolvimento e chega à Netflix somente em 2021. Elenco: Henry Cavill, conhecido por interpretar o Superman nos filmes interligados da DC Comics, interpreta Geralt de Rívia, protagonista de The Witcher, Anya Chalotra e Freya Allan também retornam na segunda temporada nos papéis de Yennefer de Vengerberg e Ciri, respectivamente. Temos, ainda, Joey Batey (Jaskier), Anna Shaffer (Triss Merigold), MyAnna Buring (Tissaia), Tom Canton (Filavandrel), Lilly Cooper (Murta), Jeremy Crawford (Yarpin Zigrin), Eamon Farren (Cahir), Mahesh Jadu (Vilgefortz), Terence Maynard (Artorius), Lars Mikkelson (Stregobor), Mimi Ndiweni (Fringilla Vigo), Royce Pierreson (Istredd), Wilson Radjou-Pujalte (Dara) e Therica Wilson Read (Sabrina).Alguns nomes novos também surgirão nesta nova etapa, incluindo: Yasen Atour (Coen), Agnes Bjorn (Vereena), Paul Bullion (Lambert), Basil Eidenbenz (Eskel), Aisha Fabienne Ross (Lydia), Mecia Simson (Francesca), Kim Bodnia (Vesemir) e Carmel Laniado (Violet).

  4. Londres, no Período Regencial – Bridgerton acompanha Daphne Bridgerton (Phoebe Dynevor) e o rebelde Duque de Hastings (Regé-Jean Page), solteiro convicto e “comedor”. O elenco da série ainda tem Golda Rosheuvel, Jonathan Bailey, Luke Newton, Claudia Jessie, Nicola Coughlan, Ruby Barker, Sabrina Bartlett, Ruth Gemmell, Adjoa Andoh, Polly Walker, Bessie Carter, Harriet Cains e Julie Andrews.A 1ª temporada de Bridgerton vai estrear em 25 de dezembro de 2020 na Netflix.

  5. Sim, queremos ótimas notícias: Câmara e Senado aprovaram a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2021 em votação realizada na quarta-feira, 16. Com a validação por parte do plenário do Senado Federal, o tema deixa o Congresso Nacional e segue para sanção do presidente da República, Jair Bolsonaro. A proposta de LDO para 2021 foi definida por Bolsonaro e pela equipe econômica liderada pelo ministro Paulo Guedes. Fica, ainda, definido que o salário-mínimo brasileiro passará a ser de R$ 1.088 a partir do próximo mês.

    Sim, queremos ótimas notícias: O Índice de Confiança da Indústria divulgado hoje pela FGV, subiu 1,5 ponto no resultado prévio de dezembro, para 114,6 pontos. Com esse resultado, o indicador atinge o nível mais alto desde junho de 2010.

    Sim, queremos ótimas notícias: Contas externas do Brasil têm superavit de US$ 202 milhões em novembro.

  6. “Eu acho que o Brasil tem mostrado ao mundo que tem vontade de reformar e quer abrir-se mais. Eu não tenho dúvidas que o país vai entrar na OCDE. É uma questão de tempo”. Álvaro Pereira, diretor do departamento de economia da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE)

  7. THE BEST – Ninguém foi melhor – O polaco Robert Lewandowski,avançado dos germânicos Bávaros confirmou o favoritismo à vitória, face às conquistas da ‘Bundesliga’, Taça da Alemanha, Supertaça alemã, Liga dos Campeões e Supertaça Europeia ao serviço do Bayern de Munique. Além dos títulos coletivos, foi ainda o melhor marcador da ‘Champions’, no campeonato e na Taça, e eleito, em outubro, o melhor jogador do ano para a UEFA.
    Palavras de Lewa: “É um sentimento incrível, imensas emoções. Foi um ano importante para mim e para a minha equipa, claro. Agradeço o este prémio aos meus companheiros e ao meu treinador. Competir com Messi e o Cristiano Ronaldo neste prémio é incrível. Para mim, é uma honra estar [a lutar] com estes dois jogadores”, declarou o ponta de lança dos bávaros, após receber o galardão das mãos do presidente do organismo, Gianni Infantino.

  8. Sancho!
    Eu sempre li a sua coluna de uma prendida de ar só, sem parar, sem expirar, comendo as letras direto feito cantiga de grilo.
    Mas, dessa vez, o PS171 me fez parar e suspirar.

  9. Libertadores – Cuartos de Final: Santos 4-1 Grêmio e Grêmio 1-1 Santos; Libertad 1-1 Palmeiras e Palmeiras 3-0 Libertad; Racing 1-0 Boca e Boca y Racing disputarán juego de vuelta el miércoles 23 de diciembre en la Bombonera.

  10. Como meu próximo texto para esta coluna acontecerá com o Natal já findando, aproveito o espaço para dizer a ti, caríssimo leitor sanchiano: Conhecido ou desconhecido que por aqui passas, faço votos de que o teu findar de ano seja de paz e harmonia, que durante o Natal consigas esquecer as tuas dores e aflições, te dês conta depois que ainda te sobra força para enfrentar os MUITOS amanhãs que virão.

    Se fores dos abençoados a quem pouco ou nada falta, dos que, como Sancho, se sentem felizes com o que têm e o que são, faço votos de que assim continues, pois lutas o bom combate.

    Se para ti este Natal se anuncia sombrio, faço votos de que não desesperes nem deixes abater, há sempre um amanhã que inesperadamente chega e te trará alívio, pois não há mal que perdure.

    Que o amor do Criador, a harmonia, a paz, o bem-estar e a esperança sejam com todos da comunidade fubânica, este lugar especial onde nos encontramos diariamente para nos informar, concordar, discordar, se encantar com nossos poetas, prosadores e demais mestres em todas as áreas da atuação humana. Só aqui há de tudo e um pouco mais.

    E que a família Berto, criadora deste espaço (o único verdadeiramente democrático neste mundo atual) seja ABENÇOADA pelo criador para que não falte a nenhum fubânico, por todos os anos vindouros o prazer e a alegria de podermos acessar o Jornal de Besta Fubana com a certeza de que entramos em território onde a alegria fez morada.

    Beijão especial de Sancho para Polodoro, Chupicleide e Xolinha.

    Que as bençãos de Deus recaia sempre sobre Aline e Berto, esse casal maravilhoso que faz o JBF ACONTECER.

    Beijão de Sancho e até sempre, fubânicos amigos, irmãos, gente que mora em meu coração (quase rimou).

  11. Sancho, como sempre, nos brindando com sua informativa, cativante e eclética coluna.

    Como um bom escriba, você escreve sonhando e sonha escrevendo.

    Feliz Natal, compadre Sancho!

    • Respondo com texto da coluna de um cabra que ganhou morada em meu coração:
      – Se aprochega aí, bando de cabra macho. Vamos ver essa tuia de véio maluco, falar.

      – Umbora! Tio só vive dizendo que esses caba são o “cão chupando manga”!

      – Diz que teve um fi de uma égua que botou o nome da laive de Cabaré do Berto.

      – Oxente! Tá com a mulesta! E quem toma conta de cabaré, né mulé? Ou esse cafetão é frango?

      – Boto fé não, visse! Já vi até uma foto desse tal do Berto, vestido de pai de santo.

      – O pior é que nesse ambiente a gente só vê duas nêga? Violante e a Renata… aquela que só falou do português, coitado.

      – Será que é um cabaré rochedo, tipo assim, zona?

      – Ôxente, abestado! Necas de pitibiriba. Vou te dar logo o bizu. Larga de ser abilolado. Tu num atentou não, que é um cabaré diferente… cheio de resenha e miolo de pote?

      Sim, Marcão, o Jornal da Besta Fubana e nosso Cabaré do Tio Berto é diferente… cheio de resenha e miolo de pote.

      Não desejo a ti apenas esse bom Natal, mas (natalínico mas), desejo a você a a todos que lhe são caros TODOS OS FELIZES NATAIS que Deus pode ofertar a pessoas com o imenso coração que possuis.

      Até sempre, gigante amigo sanchiano. Beijo vosso coração com o carinho de um irmão distante.

  12. Amém! Parabéns pelo belo texto, Sancho. Fiquei orgulhosa por você citar meu nome.

    Um Feliz Natal para você e sua família!
    Que o Ano que se aproxima traga a todos nós, dias felizes, Saúde e Paz!

    Que a luz da Fé e da Esperança brilhe sempre em nossos corações!

    Que a amizade que reina na Comunidade Fubânica se fortaleça cada vez mais, tendo como timoneiro o querido Papa Berto!

    Grande abraço!

    • Violante,

      Orgulhoso “fica é Sancho” quando tem comentário seu, pois frequento suas maravilhosas CENAS DO CAMINHO, pois lá trazes sempre, como escrevestes em suas última crônica… novas ideias, produtos de último lançamento, com sucesso comprovado e garantido.

      Sempre por demais prazeroso compartilhar este espaço fubânico com escritoras (uma penas que sejam tão poucas) de sua envergadura.

      Que milhões de outros textos violânticos possam nos encantar no ano que vai nascer, pois em suas colunas semanais deixas o toque de sua beleza e encanto.

      Um Natal repleto de magia para ti e para todos que moram em seu coração..

  13. Somos devedores da sua pena mágica. Seus votos de feliz Natal são muito
    oportunos, pois a ditadura que está regendo a nossa pátria, parece que não vai ter um termo e somente será derrubada com a revolta do povo.
    Não temos dúvidas, ou o povo derruba a DITADURA imposta ou vamos cair na anarquia institucional.
    Falta muito pouco, o dique já está vazando, uma menina já colocou o dedo
    no primeiro buraco, agora vem outros ajudantes e etc…

    As suas palavras de esperança, harmonia e bom viver são essenciais
    nesta hora ( hoje mais que nunca ) e nos dá um alívio por sabermos que nem
    tudo está perdido. Temos muitos que velam por nós.
    Feliz Natal e um próximo ano novo FREE.

    • D Matt
      Ficaria Sancho por horas a fio provando a ti e ao mundo que “pena mágica” é produto disponível apenas a mestres como tu, gigantesco homem das letras, que usa seu precioso tempo para dirigir-se a seu fã número um, esse Sancho que muito o admira.
      Quanto aos que REGEM a atual ditadura imposta ao povo, causa em Sancho a revolta daqueles que praticam a política usando a direita como via de acesso e estão vendo, desde 1 de janeiro de 2019, a tentativa desesperada da turma do contra de que haja um terceiro turno para o tal pleito de 2018.

      Escreves: falta muito pouco, o dique já está vazando…

      É uma pena que as duríssimas realidades vividas pelos povos de Cuba, Bolívia, Venezuela, Nicarágua e Argentina, só para citar os menos distantes, não tenha ABERTO os olhos dos brasileiros.

      Até quando iremos remar contra a corrente?

      Recorro ao homem que me inspirou por toda a vida: “A liberdade é um dos dons mais preciosos que o céu deu aos homens. Nada a iguala, nem os tesouros que a terra encerra no seu seio, nem os que o mar guarda nos seus abismos. Pela liberdade, tanto quanto pela honra, pode e deve aventurar-se a nossa vida.” Miguel de Cervantes

      Abração sanchiano neste ano que já se aproxima do final. Que nosso Natal e Ano Novo sejam o que desejarmos.

  14. Violante,

    Orgulhoso “fica é Sancho” quando tem comentário seu, pois frequento suas maravilhosas CENAS DO CAMINHO, pois lá trazes sempre, como escrevestes em suas última crônica… novas ideias, produtos de último lançamento, com sucesso comprovado e garantido.

    Sempre por demais prazeroso compartilhar este espaço fubânico com escritoras (uma penas que sejam tão poucas) de sua envergadura.

    Que milhões de outros textos violânticos possam nos encantar no ano que vai nascer, pois em suas colunas semanais deixas o toque de sua beleza e encanto.

    Um Natal repleto de magia para ti e para todos que moram em seu coração..

  15. Pingback: RÔMULO SIMÕES ANGÉLICA – BELÉM, NÃO DE JUDÁ, MAS DO PARÁ | JORNAL DA BESTA FUBANA

Deixe uma resposta