DEU NO JORNAL

Políbio Braga

O ministro Ricardo Lewandowsky alegou que o STF concedeu apenas acesso aos diálogos roubados, mas não seu uso, o que seria o mesmo que autorizar o ingresso do ladrão na casa da vítima, mas sem permitir a concretização do roubo.

É só um exemplo, mas o leitor poderá formatar outros exemplos, até mesmo de caráter sexual monstruoso.

Trata-se de um embuste, uma farsa, um sofisma deplorável, porque já se sabe, como se viu ontem, que o STF tem maioria formada para aceitar, em seguida, o uso das conversações, tudo para condenar magistrados e procuradores, anular julgamentos e livrar a cara de Lula, o líder da quadrilha e chefe da organização criminosa, no caso o PT, bem como de seus aliados de roubo do dinheiro público.

Como se sabe, o dinheiro roubado (R$ 14,7 bilhões já foram ou estão sendo devolvidos, mas isto é apenas parte da sangria criminosa que a Lava Jato conseguiu recuperar) foi usado para enriquecimento próprio, corromper eleitores e políticos, tudo com o objetivo de se manter indefinidamente no Poder.

É a deslealdade com a Nação.

* * *

O STF continua refém de Lula, beneficiando-o com decisões inaceitáveis e com isto reabrindo caminho para que os 174 bandidos e ladrões condenados pela Lava Jato sejam liberados.

A partir de agora, qualquer bandido poderá obter gravações de autoridades, vender para quem quiser e favorecer criminosos. Volta-se ao império da impunidade no Brasil.

Por 4 votos a 1, os ministros da 2ª Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) mantiveram, hoje, a decisão de Ricardo Lewandowski, que garantiu ao ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva acesso a diálogos roubados criminosamente de celulares de autoridades federais e entregues pelos bandidos ao site sujo The Intercept.

As conversas foram apreendidas na operação Spoofing. Estas conversas foram conseguidas de modo criminoso por hackers estelionatários, canalhas, bandidos comuns, que as repassaram para o site sujo The Intercept, inimigos jurados da Lava Jato.

Acompanharam o Lewandowski os ministros Nunes Marques (nomeado por Bolsonaro), Cármen Lúcia (nomeada por Lula) e Gilmar Mendes (nomeado por FHC). Edson Facchin ficou sozinho.

Em seu voto, o mais ferrenho defensor de Lula, Ricardo Lewandowski, defendeu sua decisão de abrir as portas para pedidos de suspeição de Moro e dos procuradores da Lava Jato, anulação das punições a Lula e o retorno ao livre reinado da corrupção no Brasil.

Citou uma possível e impossível “parceria” entre acusação e órgão julgador.

11 pensou em “OUTRA DESLEALDADE COM A NAÇÃO

  1. Faltou dizer que Edson Facchin foi nomeado pela Dilma Roussef.
    Não foi abordado pelo Políbio Braga que o STF decidiu que os procuradores que assinaram a petição na Reclamação nâo têm ligimitade para participar do feito.
    O relator ainda votou que se tal não fosse considerado, ainda assim a defesa do Lula deveria gter acesso ao material tratado no processo.
    A publicação do STF diz que “O ministro (Relator) observou que não se discute, no caso, a validade das provas obtidas na operação, mas apenas o acesso a elementos que estavam em poder do Estado e foram periciados. Lewandowski ressaltou que há três anos o acesso vem sendo negado à defesa do ex-presidente, contrariando determinações expressas do STF. A questão relativa à autenticidade ou valor probatório do conteúdo será resolvida no âmbito dos processos em que vier a ser juntado”.
    A questão é que o que se discutiu e se determinou foi o acesso de Lula aos documentos, de modo que ele deles tome conhecimento.
    Se o material foi obtido ilegalmente, se Lula vai poder usar, se têm valor como prova são outros quinhentos – a decisão foi a de que a defesa de Lula tem direito ao compartilhamento.
    Agora, a quem não apreciou, resta apenas chupar.

    • Faltou o cê dizer que acredita em papai noel, coelhinho da páscoa, etc. Que é a mesma coisa que acreditar nas bobageiras que o lewan (porta voz do lula no STF) escreveu.

  2. Como já predito na Bíblia:Então dirá o Rei (STF) aos que estiverem à sua direita, (e também a esquerda): Vinde, benditos de meu Pai, (hackers, e todo vagabundo que rouba informações privadas de 3ºs) possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo (principalmente se é para salva lula da prisão); acho que este negócio é uma passagem da bíblia, não vou pedir para o ceguinho confirmar, pois como todo bom comunista ele deve ser ateu., e nem deve saber o que é uma bíblia.

    • José Crente, teu comentário está prejudicado, porque não sou nem bom nem ruim comunista, ou seja, não sou comunista. Assim, o que disseste a meu respeito deu nágua. Lembre-se de que Deus sabe de tudo e está vendo.

  3. Imaginava que um Impecheament aqui outro acolá poderia ser a solução para melhorar o STF. Depois desta decisão sou mais a solução do Adonis. Acrescento que a bomba deveria atingir quem ousa ainda defender estes abutres

Deixe uma resposta