DEU NO JORNAL

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), enviou nesta sexta-feira (15) para análise da Procuradoria-Geral da República um pedido de investigação do presidente da Comissão e Constituição e Justiça do Senado, Davi Alcolumbre, pela demora na marcação da sabatina de André Mendonça, indicado ao tribunal.

A decisão da ministra ocorre após o Supremo ter sido acionado por um advogado que questiona a conduta de Alcolumbre.

A escolha de Mendonça para ocupar a cadeira do ministro aposentado Marco Aurélio Mello foi oficializada por Bolsonaro no dia 13 de julho, mas até agora a sabatina não foi marcada.

Alcolumbre tem sido cobrado por Bolsonaro e aliados a definir uma data.

A Constituição exige que o indicado ao Supremo passe por sabatina e aprovação na CCJ e ainda pelo plenário do Senado.

* * *

Que coisa!

Uma togada do ninho de urubus agindo conforme a lei e a constituição.

Estou estupefato!!!

Ótimo isso.

Quem tá doidinho pra cruzar com Alcolumbre é o nosso estimado jumento Polodoro, mascote deste gazeta escrota.

Já está com a pajaraca devidamente vaselinada.

3 pensou em “ÓTIMA EXCEÇÃO

Deixe uma resposta