DEU NO X

Leandro Ruschel

A revolta estudantil, que buscava por reformas democráticas, foi esmagada pela mão de ferro do Partido Comunista Chinês, através do assassinato de centenas, possivelmente milhares de manifestantes desarmados.

Desde a revolução comunista, após a Segunda Guerra, o Partido Comunista foi responsável pela morte de dezenas de milhões de pessoas, entre execuções, mortes em campos de concentração, ou da fome, por conta de políticas públicas catastróficas, como o “Grande Salto para Frente” de Mao.

O massacre da Tiananmen Square é assunto proibido na China, tratado como “fake news” pelo regime.

Quem denuncia o massacre é censurado, perseguido e preso.

Esse é o regime que a presidente do PT chamou recentemente de “democracia efetiva”.

Um comentário em “ONTEM: 35 ANOS DO MASSACRE DA PRAÇA DA PAZ CELESTIAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *