DEU NO JORNAL

Nesta quarta-feira, 8, o ministro Luís Roberto Barroso determinou, em liminar, que o governo Federal adote uma série de medidas para proteger os povos indígenas da covid-19.

Dentre elas, destacam-se: criação de barreiras sanitárias; planejamento com a participação das comunidades em plano contra o coronavírus, ações para contenção de invasores em reservas e acesso de todos os indígenas ao Subsistema Indígena de Saúde.

A Apib – Articulação dos Povos Indígenas do Brasil e seis partidos (PSB, PSOL, PCdoB, Rede, PT, PDT) pediam a adoção de providências no combate à epidemia da covid-19 entre a população indígena.

* * *

Esse amontoado de siglas pavorosas tá de lascar: uma tuia de bostas partidárias que fede que só a porra e polui os ares da nação.

Isso sem contar a sigla  Apib… 

Putz!!!

É pra arrombar a tabaca de Xolinha!!!

Eu ia fazer um comentário sobre esta incrível decisão tomada pelo Supremo Pavão Nada Misterioso.

Mas o lúcido e racional Rodrigo Constantino me poupou deste fastidioso trabalho.

Limito-me a transcrever o que ele escreveu e gravou num vídeo.

* * *

1 pensou em “O SUPREMO PAVÃO

  1. Já não bastava o V. Urubuscência Xandão Cabeça de Caralho Brilhante enchendo o saco brincando de “seu puliça”.

    Agora quem quer também ser PR sem sequer o voto da irresponsável que lhes pariu é o V. Urubuscência Abortista, Luizinho Barrento, o supremo pavão de cinquenta tons de penacho preto!

    Cada dia Banânia tá se configurando uma mistura de “Guernica”, quadros de Salvador Dali e o urinol de Duchamp depois de receber uma cagada de um mendigo bêbado após tomar Gilmarmendol.

Deixe uma resposta para Nikolai Hel Cancelar resposta