DEU NO TWITTER

O presidente Jair Bolsonaro fez passeio de moto neste domingo (9) de Dia das Mães.

Ele foi acompanhado por cerca de 3 mil motociclistas, segundo policiais ouvidos pelo UOL.

Bolsonaro deixou o Palácio da Alvorada nesta manhã e andou por regiões do Plano Piloto de Brasília, a área central da capital, como a Esplanada dos Ministérios e a Asa Norte.

* * *

Acreditem: ele estava sem máscara.

Seguido por uma irresponsável manada de milhares de cabeças de gado motorizado.

Que absurdo! Quanto descaramento!

O STF precisa tomar uma medida urgente e exigir explicações sobre tamanha irresponsabilidade.

Vamos lá Barroso! Vamos lá, Fachin! Vamos lá, Gilmar!

Vamos lá todos os onze.

Bolsonaro tem que ser punido pela nossa mais alta corte.

E ele ainda chegou ao cúmulo de fazer uma postagem no seu Twitter.

Uma verdadeira ofensa a todas as mães deste país, neste domingo que é delas.

Vejam só:

17 pensou em “IRRESPONSABILIDADE TOTAL

  1. Ele devia atender às recomendações de seu Ministro da Saúde e dar exemplo aos brasileiros.

    Não devia se vangloriar de estar sem máscara.

    Abraços

  2. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Pândego !!!!!!!! . No vídeo acima onde está ele se vangloriando ?. Será que é por causa dos seguidores com motos ?. Xerox borrada do Goiano !.

  3. Prezado

    O vangloriar que eu falei é óbvio ululante: ele não atende às recomendações de seu ministro. E devia, por mais que o senhor ache bonito ele desfilar sem máscara.

    Quanto ao Goiano, não sou petista como ele. Respeito suas convicções e se for o caso, debaterei civilizadamente com ele. Aliás, noto sua falta aqui no JBF, tanto em artigos como em comentários.

    Abraço

    • Caro Hipólito em área aberta já foi mais do que provado que não é necessário usar máscara para se proteger da gripe chinesa, ainda mais andando de motocicleta, com o devido distanciamento.

      Achei que v. iria falar que ele estava sem a viseira, que o capacete não estava devidamente amarrado ou qualquer outra besteira destas.

      Falar que de um dia para o outro (foi na sexta em Rondônia que Bolsonaro pensou nisso) apareceram milhares de motos para o acompanhar e dar apoio a ele, isso não tem a menor importância.

      JB já disse que irá andar de moto em SP, RJ e BH nos próximos domingos. Vão descobrir que ele não dá seta ao virar, que não acendeu o farol da moto, que cuspiu no chão ou qualquer coisa importante assim.

      Ah sim, ele não estava se vangloriando, apenas resolveu dar um passeio de moto, como sempre faz nos finais de semana, quando uma pequena comitiva o acompanhou. Se não suporta isso, vá chorar na cama, que é mais quentinho.

      • Prezado.

        Ironias não resolvem.

        Ele não usa máscara nas aglomerações que provoca, e não durante o passeio de motocicleta. É na chegada ou partido. É nas lanchonetes, nos pastéis, na entrada do Alvorada.

        Isso ná muito tempo. Ele devia ser exemplo para todos os brasileiros, já que é a maior autoridade do país. Tenho um neto que é motoqueiro e naturalmente não usa máscara quando dirige. Mas a coloca assim que salta da moto.

        Não vou chorar na cama, o que está me preocupando é o avanço do Lula nas pesquisas. Quando um ladrão se aproxima nas pesquisas é preciso tomar cuidado. E a distância entre os dois está se reduzindo… O que você prefere?

        Repito, não sou petista nem gosto do Lula. Fique isto muitíssimo claro.

        Abraços

        • Caro Hipólito, não deixe seu neto saber que v. o chamou de “motoqueiro” e que ele “dirige” moto. Para quem é do meio, se diz0 “motociclista” e “PILOTA” uma motocicleta. Dirigir é para carro. Em SP capital se fala “guia carro” também.

          Mas vamos lá, eu só vou acreditar que a popularidade do Lulla está próxima à do Bolsonaro, no dia em que este for às ruas e não for vaiado.

          Está entendendo o porquê que toda a esquerda não quer voto impresso? Se não entender ainda, eu desenho.

  4. O que me chama a atenção neste episódio, bem como em outros semelhantes, é a desenvoltura com que o presidente se movimenta entre o povo. O verdadeiro povo.

    Apesar da massiva campanha de perseguição, incessante, praticada pela imprensa, políticos e STF, que tentam culpá-lo por todas as mazelas nacionais, Bolsonaro não teme andar entre a população.

    Desafio seus detratores a fazerem o mesmo. Desde políticos a membros da imprensa, passando por artistas e ministros do STF.

    Quem se habilita?

    • Prezado

      Feliz de quem comemora entre amigos.

      Claro que nenhum presisente festeja entre inimigos. O Lula foi do povão – seus apoiadores, claro. Só quem não foi povão foram os generais da ditadura (apesar do Brasil – ame-o ou deixe-o, do Médici). O resto foi sempre para o abraço dos seus apoiadores. De Getúlio a Jango.

      O que eu ainda não vi é um político qualquer (Brasileiro ou não) ir a uma manifestação ou encontro de adversários. Ninguém é tão tolo assim.

      Por isso, este tipo de ocorrência não tem mérito nenhum.

      Abraços

  5. Todo petista tem mania de dizer que não o é. Mas isto nada adianta. Bolsonaro 2022 ! . O editor conseguiu alguém para substituir o Nobre Mestre . Apesar de não ser a mesma coisa , por ora dá para o gasto . Tomara que não invente de cantar.

    • Realmente… tomara que que não invente de cantar.

      Repito o comentário do Pablo: O que me chama a atenção neste episódio, bem como em outros semelhantes, é a desenvoltura com que o presidente se movimenta entre o povo. O verdadeiro povo.
      O Hipólito poderia observar a frase do Pablo.
      Os caras que estão ao lado do Jair são gente como a gente (muitos de nós, se em Brasília residíssemos estariam com suas motos ao lado do presidente).

      A diferença, a grande diferença é que os que comparecem aos eventos pró-Jair não ganham kit (boné, camisa, bandeira) e muito menos moratadela com tubaína ou grana para “apoiar.

      Em todos os eventos na Paulista, quando meu caminhão não está na estrada, compareço e pago do próprio bolso todas as despesas decorrentes…

  6. Prezado Joaquim.

    Não preciso enganar ninguém. Leia meu comentário no post da Dilma publicado hoje. Acredite se quiser, isto não me importa. O que importa são as posições que defendemos ou não..

    É muito fácil a um direitista dizer que quem é contrário a ele é petista e vice versa. Queria ver é um deles fazer carreata nos domínios do outro.

    Afinal, gostar e festejar com quem gosta de você não tem mérito; mérito é gostar e festejar com quem não gosta de você (Tá lá na Bíblia). Joaquim, meu caro, você acha que o Bolsonaro faria uma carreata no ABC? Ingenuidade pega que nem sarampo.

    Considero isto pura cegueira política.

    Não sei a quem você se referiu, mas não tenho nenhuma intenção de “dar para o gasto”. Respeitosamente, bobagem pura.

    Abraços

    • Vossência me lembra uma caixinha de leite UHT, onde se lê :
      Ingredientes : Leite integral, estabilizantes citrato de sódio e mix de fosfatos (trifosfato de sódio , monofosfato de sódio e difosfato de sódio ) . Contém Lactose. Não contém gluten. Alérgicos : Contém Leite.
      Acredito que vossência seja alérgico (a)…………………….. à verdade !.

      • Prezado Joaquim

        Você apenas ironizou o meu post por não ter como rebatê-lo?

        Se foi isso, posso encerrar minha participação nestes comentários por não ter sido rebatido com fatos. Ou seja, ninguém me desmentiu.

        Abraços

    • Caro Hipólito,

      O ABC não é mais reduto do PT ou do Lula há cerca de uns 20 anos. O PT ganhou em SP capital pela última vez em 2012 com o Haddad e seu adversário no que se convencionou chamar de teatro das tesouras foi o Serra.

      SP na Paulista tem sido onde Bolsonaro recebe as maiores manifestações de apoio. No 1º de maio, tradicional data das esquerdas irem para as ruas (com mortadela, sorteio e show de artistas), foi a maior manifestação desta data que já houve em SP e foi de apoio a JB (todos diziam “eu autorizo”).

      A grande diferença, que quem é de direita conservadora, apoia Bolsonaro porque ora ele representa esta ideia e não por idolatria ao homem. Chamá-lo de “Mito” foi uma brincadeira que pegou e que deixa o Lulla com dores horríveis de cotovelo.

      O tal “centro democrático” não tem nomes e nem propostas para o atual momento que passamos.

      Abraços

Deixe uma resposta