DEU NO JORNAL

No meio de um show concorrido na Ópera de Arame, um dos principais cartões-postais de Curitiba, Roberto Carlos parou a apresentação para reverenciar uma pessoa na plateia.

“É um privilégio receber nesta plateia um cara que realmente admiro e respeito”, disse o astro de 78 anos, em meio aos gritos da audiência que lotou o teatro para a gravação do especial de fim de ano de Roberto Carlos.

O “cara” em questão é o ex-juiz e atual ministro da Justiça Sergio Moro, que foi ovacionado de pé pelas pessoas que gritavam “Moro! Moro! Moro”.

* * *

Curitiba é aquela cidade onde…

Deixa pra lá. Vocês já sabem.

Quando li esta notícia, eu fique aqui imaginando uma coisa…

Qual seria a reação da plateia se o Rei da Música, Roberto Carlos, tivesse citado o nome do Rei dos Corruptos, Lula?

Vocês saberiam?

Deixe uma resposta