ALTAMIR PINHEIRO - SEGUNDA SEM LEI

A Netflix acaba de anunciar que comprou os direitos de distribuição do drama faroeste RELATOS DO MUNDO (NEWS OF THE WORLD) no Brasil. O filme, que seria lançado pela Universal Pictures nos cinemas, agora estreia direto na plataforma de streaming no dia 10 de Fevereiro. Estrelado por Tom Hanks e dirigido por Paul Greengrass, o faroeste recebeu 87% de aprovação da crítica no Rotten Tomatoes. Tom Hanks levou mais de 35 anos para fazer seu primeiro faroeste, e por isso quis ter certeza de que tinha algo especial a dizer quando finalmente montou em um cavalo e participou de um duelo com armas.

Pois bem, se houvesse um concurso para ser escolhido o melhor ator do mundo, o bonitão Marlon Brando seria HORS-CONCOURS. Apesar do meu modo simplista de analisar essas feras do cinema, pessoalmente, acho Christopher Lee como o melhor ator de todos os tempos, até porque, em razão de sua vida longa tem em sua biografia mais de cem filmes e esteve diante da telona por mais de 70 anos. Lamentável que o mundo o carimbou como apenas um bom intérprete do Conde Drácula. Agora, em termos de hoje, o melhor ator vivo da cinematografia mundial, para mim, chama-se TOM HANKS.

O filme que chegará as telas do Brasil em 2021, RELATOS DO MUNDO é o primeiro faroeste de Tom Hanks, que já possui mais de 60 títulos em sua filmografia. O longa marca o retorno da parceria entre o ator e o roteirista Luke Davies, que trabalharam juntos no drama indicado ao Oscar de 2013, Capitão Phillips. O novo título não só parece ter a qualidade necessária para concorrer às estatuetas na próxima edição da premiação, como também tem uma temática do tipo que geralmente agrada à Academia — e já foi apontado como um dos fortes candidatos ao prêmio pela Variety.

Em Relatos do Mundo, no ano de 1870, o Capitão Jefferson Kyle Kidd, um viúvo que já lutou em duas guerras, viaja através do Texas oferecendo notícias do mundo para as pessoas, apesar dos jornais estarem se tornando cada vez mais acessíveis. Ele aceita uma proposta para levar uma menina de 10 anos, Johanna, até seus familiares. Criada pela tribo Kiowa, ela não conhece sua família e tem um comportamento hostil com as pessoas ao seu redor, mas acaba criando um vínculo com Kidd, forçando os dois a lidarem com as difíceis escolhas sobre o futuro.

O filme tinha previsão de lançamento para o Natal do ano passado, mas com a situação pandêmica ainda não controlada em alguns países, os estúdios negociam para a Netflix lançar o título sob o selo de conteúdo original da plataforma, agora em fevereiro de 2021. Como curiosidade, o ator TOM Hanks, também contraiu o Covid-19. Trata-se de uma adaptação da obra de Paulette Jiles. A direção é de PAUL GREENGRASS (Capitão Philips, O Ultimato Bourne), e ele também coescreveu o roteiro ao lado de Luke Davies (Lion – Uma Jornada Para Casa). A boa pedida vem do diretor do filme que, realmente, precisava mesmo se reinventar. Em termos estéticos e narrativos, seus filmes eram todos iguais. Para os amantes do faroeste RELATOS DO MUNDO será uma boa pedida pare este ano, pois o filme tem cheirinho de Oscar no ar…

7 pensou em “O PRIMEIRO FILME FAROESTE DO ATOR TOM HANKS

  1. Muito bom. Acho Hanks extraordinário. Desde a última festa de solteiro, que era um pastelão. O Terminal, Prenda-me se for capaz, os os professor Langdon, A espera de um milagre, enfim, são vários títulos onde ele brilha

    • Verdade Assuero, Hanks ê um ator diferenciado. Estou contando os dias para assistir esse faroeste e depois contar aqui, pra todos vocês, o desempenho desse ator espetacular!!!

  2. Na minha modesta opinião, Tom Hanks está entre os maiores. Considerar Marlon Brando o maior ator é de uma patetice homérica!
    Minha lista dos maiores atores é:
    Michael Caine;
    Donald Sutherland;
    Tom Hanks;
    Leonardo di Caprio;
    John Travolta;
    Danny Glover;
    Denzel Washington;
    Mel Gibson…
    Não considero um maior que outro. Acho esses, talvez, os maiores em atividade.
    Mas, minha opinião é só minha…

  3. Obrigado mestre Altamir Pinheiro pela primorosa análise de Relatos do Mundo, o ressurgimento do western johnfordiano.

    Também estou ansioso pela estreia só em ler o epílogo escrito pelo mestre.

    TOM HANKS dispensa comentário e PAUL GREENGRASS, comprova seu talento na direção matura.

  4. Grande TAVARES!!! Eu costumo dizer aqui, nessas páginas, que não se deve agredir o ARGUMENTADOR e sim fazer análise ou até agredir mesmo o ARGUMENTO. Porém TAVARES, eu tenho muito interesse não do filme em si, mas de analisar a interpretação do maior ator holywoodiano da atualidade. Abraços, meu querido!!!

    • Perfeito, caro Altamir, tem uma turminha aqui na Besta, que não sabe discordar: Não concordam e saem logo distribuído patadas e bostejando a torto e a direito!

Deixe uma resposta