GEORGE MASCENA - SÓ SEI QUE FOI ASSIM

Em 20 de março de 1991, o Major Orestes Lorenzo decolou com o seu MIG-23 (avião caça de fabricação soviética) da base aérea de Santa Clara, em Cuba, para uns testes e não cumpriu a rota programada, desviou o rumo para os Estados Unidos onde pediu asilo político.

Isso foi uma grande humilhação para os ditadores cubanos, mas não foi nada em relação ao que ainda estava por vir.

A família do Major ficou em Cuba sofrendo perseguição dos ditadores, Orestes usou de todo artifício diplomático para que os Castros liberassem sua família para irem morar com o pai, tudo em vão, mas ele tinha um plano na cabeça de ir resgatar a família em um pequeno avião pousando em uma rodovia na ilha de Fidel.

O plano não tinha nenhuma chance de dar certo, mas deu, Lorenzo foi buscar e trouxe Vicky, a esposa, e os filhos Reyniel e Alejandro.

3 pensou em “O PILOTO CUBANO QUE DESAFIOU OS CASTROS DUAS VEZES

  1. DEPOIS DESSES 2 BAITAS CHUTES NOS CULHÕES DO FIDEL E DO RAUL, ELES MERECERAM O SEU SOBRENOME: “CASTRO” => “CASTRADO”.

Deixe uma resposta para Adail Augusto Agostini Cancelar resposta