DEU NO TWITTER

* * *

Segundo declarou ao JBF o militante zisquerdista Marcelo Freixo, figura de prominência no PSOL, a culpa por este incêndio é de Bolsonaro, o Nero brasileiro.

Foi o capitão fascista que mandou botar fogo no Pantanal.

Do mesmo jeito que já havia feito na Amazônia, onde milhares de girafas foram assassinadas, conforme denunciou a ativista ambiantalóide Greta Grelão.

Procurada pela Editoria desta gazeta escrota, Gleisi Amante confirmou a afirmação de Freixo.

14 pensou em “O NERO BRASILEIRO

  1. Incêndio criminoso? No pantanal? Investiguem e irão achar digitais de zisquerdistas.

    O Paulo Coelho já pediu boicote às exportações brasileiras; na década de 80 o PT trouxe a vassoura de bruxa para dizimar com os cacaueiros de Ilhéus-BA; ano passado uma ONG tocou fogo em uma reserva amazônica no Pará; óleo da Venezuela nas praias. Cabeça do JB nas caixas.

    Exemplos não faltam para dizer do que eles são capazes.

    • Ecoam na vastidão do território nacional: exemplos não faltam, exemplos não faltam, exemplos não faltam, exemplos não faltam, exemplos não faltam, exemplos não faltam, exemplos não faltam, exemplos não faltam, exemplos não faltam…

      Ouvi alguém sussurrar que poderiam ser meras coincidências?

  2. Alguém pergunte ao idiota do Macron Bixaroca, ao Papa Francisco Bosta, à Greta Thunbrega Grelão e a outros cretinos que existem pela aí, se eles vão protestar contra os incêndios lá na Califórnia!!! Perguntem!!!

    • Maurino, parece que há um complô internacional contra o Brasil e o governo de Jair Messias Bolsonaro, de modo que o presidente da França, o Papa, “aquela meninazinha” e toda a esquerdalha só reclama de fogo nas matas brasileiras, o resto do mundo pode queimar à vontade que eles nem tchum.
      Estou aqui pensando… pensando… pensando… tenho medo de queimar a mufa.

  3. Acabam de sair notícias surpreendentes de que não foi o PT que botou fogo no Pantanal e que as esquerdas também não são responsáveis por isso porque todos os esquerdistas estavam em casa cumprindo a quarentena para evitar o avanço de Covid 19.

    Nis Estados Unidos a gente não sabe como anda a coisa do combate ao fogo que está pegando lá, mas aqui temos umas notícias que afirmam que o governo deu uma dormida.

    Diz a BBC:

    “A sexta-feira (28/8/2020) foi de recuos no governo federal e de sustos entre ambientalistas após o Ministério do Meio Ambiente anunciar, à tarde, que operações contra o desmatamento e queimadas na Amazônia e no Pantanal estariam suspensas a partir de segunda (31/8) por conta de um bloqueio de R$ 60 milhões na pasta, por ordem do setor econômico do Planalto.

    Os alvos do corte foram o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio; bloqueio de R$ 39,7 milhões) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama; bloqueio de R$ 20,9 milhões), sob determinação, segundo nota do ministério, da Secretaria de Governo e da Casa Civil da Presidência.

    Por volta das 20h, o Ministério do Meio Ambiente publicou uma atualização da nota, afirmando que “na tarde de hoje (sexta) houve o desbloqueio financeiro dos recursos do IBAMA e ICMBIO e que, portanto, as operações de combate ao desmatamento ilegal e às queimadas prosseguirão normalmente”.

    Antes da atualização, declarações do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e do vice-presidente, Hamilton Mourão, mostraram a dissonância dentro do próprio governo sobre o assunto.”

  4. Certamente o Instituto Chico Mendes e o Ibama iriam comprar aviões e helicópteros com 60 milhões para combater as queimadas. Aproveito e pergunto ao Goiano se tem como obter extratos da aplicação de recursos do ICMBIO e IBAMA. A culpa é do Mourão, este isquerdizta fdp.

  5. Carlos, sobre o teu comentário:
    1) Podes obter informações sobre a aplicação do dinheiro público em sites como o Contas Abertas, onde acharás os “extratos da aplicação de recursos”.
    2) As pessoas apreciam que os outros achem as coisas para elas.
    3) Vejo indícios em teu comentário de que acreditas que o Instituto Chico Mendes e o Ibama ias embolsar os sessenta milhões de reais e em vez de aplicar nas coisas certas lá iriam distribuir entre os seus dirigentes, porque é isso que as pessoas andam pensando.
    4) Não sei se o Instituto Chico Mendes e o Ibama comprariam aviões com sessenta milhões de reais, mas certamente é uma grana que dá para fazer alguma coisa – e caso o governo tenha mesmo liberado as verbas eles devem estar agindo dentro de suas atribuições e propostas de trabalho.
    5) Recebi um material muito ruim, atribuído falsamente ao Luiz Fernando Veríssimo, com o título “Não Acabo Amizade por Política”, que ataca Jair Messias Bolsonaro. Não repasso, por várias razões: o autor, ao invés de encaminhar com seu próprio nome, ou distribuir como anônimo, quer usar a influência de um famoso para tentar incutir suas próprias ideias, de modo que não compartilho da certeza de alguns de que o governo não está agindo corretamente no combate ao fogo no Pantanal enquanto não houver evidências claras disso. O texto da BBC não diz que o governo não está agindo, apenas mostra a relutância em um determinado momento de agir. Se souberes o quanto o governo está agindo efetivamente nisso, aqui está o Jornal da Besta Fubana de portas escancaradas para quem se dispuser a informar. Pois é, outra coisa é essa de dizerem sem saber, o que fazem contra o Jair Messias Bolsonaro e fizeram, fazem e continuarão fazendo contra Lula, o PT, as esquerdas, atacando-os com ideias, premissas, suposições… enfim, com falsidades pra caralho, sem o menor pejo. Se o tal texto falso chegar a tuas mãos verás de cara que não foi o Veríssimo o autor pela redação pouco clara e sem a menor graça. Até o Decálogo de Lenine, outra falsidade, é mais bem escrito do que esse aí, embora o falso decálogo também seja uma bosta e a direita o divulga sem o menor senso crítico de que seria impossível um dirigente dar no próprio pé um tiro de canhão.
    6) Desculpe, estou misturando as coisas, hoje acordei com vontade de falar.
    7) Vou propor ao Berto que acabe com os comentários.
    8) Se Berto não quiser acabar com os comentários, vou sugerir que haja limitação de tempo de resposta.
    9) Ou que, pelo menos, as pessoas se fixem no assunto e não fiquem se desviando.
    10) Estamos falando de quê, mesmo?

    • 7) Vou propor ao Berto que acabe com os comentários.
      What? Whaaaaaat? Endoidou (quer dizer, endoidou mais?)??????
      Vais propor????Aí tu tá (tatu) de çacanajy!!!!! Comentaristas são nosso mais rico (mais não, o único) patrimônio. O que seria dessa bagaça sem nossos fantásticos comentaristas?

      Hay personas que hacen historia en JBF ¡Muéstrame las! São elas: Luiz Berto, Alfredo, Saniasin, Maurino, Aline Berto, Beni, Arthur, Cícero, Janety S.S. Silveira, Adônis, João Francisco, Joaquimfrancisco, Lívya Lâsenra Catablignia, Viturino, Francisco, Francisco Pereira, Famigerado, VBP, jm, Tia do Zap, Aristeu (ops, Arisnosso), Jose Hinacio, Jozinaldo Viturino de Freitas, Heber Cruz, TJando, Rogerio, Carlos Ivan, Luiz Neto, Violante, Marcos André M Cavalcanti, Nino Yoshida, Natércia Ostraciza, Pablo Lopes, Dalinha, Goiano, Brito, H. Romeu Pinto, Paulo Terracota, Gonzaga, Airton, Adail Agostini, Luiz Leal, Gilmar Antonio dos Santos, José Alves Ferreira, Mauro Pereira, Chatonildo, Fernando A. Gonçalves, Camillo, Abrantes, Rogerio Araujo, Boaventura Bonfim, Guilherme Almeida, Itaerço, Josman, Lindalva, Mascena, Rômulo Angélica, Gonzaga, Vivaldo, D Matt, Assuero, Bertoluci, J P Cavalcanti, João Bosco, Philipe Gusmão, Jonas Oliveira, Pinio Assmann, Prates, Xico Bizerra, José Ramos, Tarciso, Ana Lucia, Anderson Braga Horta, Júlio Ribeiro, Severino Souto, Fred Monteiro, Jairo Juruna, Renato Andrade, Narcelio, Newton, Luiz Carlos, Mauri, Nikolai Hel, Carlos, Roque Nunes, João Araujo, Nacinha, Bernardo, Carlito, Marcon Beraldo, Emílio Ruiz, Carlos Eduardo Santos, Rodrigo Buenaventura de León, Pedro Malta, Marcos Mairton, Deco, Marcos Pontes, Sonia Regina (que anda muito sumida), Jessier, Jesus de Ritinha do Miúdo, Valéria, Macau, Sancho Pança, Xifurímpulo Sancho, José de Oliveira, Anita Driemeier, Heloisa, Valéria, Macau, José de Oliveira, A. Luís e Cléopâtre-Dianne de Mélodie.

      Que timaço de gente que perde (ganha) seu precioso tempo encantando a todos nós…

      Termino sem ficar “puto” com você, pois ççççei que jamais sairia de sua lavra tal pedido a sério, pois, assim como Sancho, amas nossos comentaristas.

      PS: possivelmente esqueci de nomear acima quantidade significativa de fubânicos que nos acessam, cujos nomes me falharam agora, mas (benedetto mas), são milhões de pessoas, o que tornaria este comentário impossível de ser postado se a todos nomeasse. e além do mais, não possuo memória com capacidade para elencar milhões de pessoas (os que consegui lembrar, escrevi seus belíssimos nomes).

      Abração e beijão do Sancho para TODOS…

      • Sancho, na verdade alguns (poucos) comentaristas, incluindo eu, fazem comentários que valem mais do que uma côdea de mel coado, de modo que vou pleitear a exclusão apenas de alguns, como Adônis, Perséfone, Afrodite, Carlos, Verrurgas, Aristeu, Arismeu, Arisvosso, Arisnosso, Pança, Barrigão, Sônia, Pesadêlia, Preguicia, João, Joaquim, Manoel e José Franciscos, Famigerado, Famigeredo e Famigerudo, Brito, K.Brito, Bode, Carneiro, H. Romeu Pinto, H.Roteu, Ichupa, Pablo Envelopes, Gonzaga, Gonzagão e Gonzaguinha, Asa Branca, Rodrigo, Farinha de Trigo, Jesus, Mateus, Marcos, Lucas, João, Buda, Rambo, Chatonildo, Maçantista, Hinácio, Jánasceu, Berto, Afechado, Saniasin, Sanianão, Nikolau, Kolher de Pau, José Monte das Oliveiras, para citar apenas alguns que precisam ser proibidos de ficar comentando sem parar em vez de ir lavar roupa, cuidar das crianças, das ração para o cachorro e varrer o quintal. Com essa providência, apenas poderão fazer comentários pessoas renomadas, com poucas passagens na justiça e que saibam escolher em quem em cujas urnas deverão enfiar seus votos caso as cédulas de papel, plástico ou papelão sejam liberadas para as próximas eleições.

        • E assim ficamos combinados, na cachaça ou na cerveja, na foice ou no martelo, na riqueza ou na pobreza, até que o Berto nos separe, Amém

          O padre Rodrigo de León nos declara Mortadelo e Salaminho (Mortadelo y Filemón)

          e podemos beijar a Paolla Oliveira (não, não podemos. Fiquemos apenas a sonhar com a boca da Paolla, Amém)

  6. Notícia de Última Hora:

    Bolsonaro ‘proíbe’ o Renda Brasil e diz que Bolsa Família continua até 2022.

    Com essa determinação, Jair Messias Bolsonaro queimou o Paulo Guedes, que já estava doido para congelar aposentadorias e cortas benefícios de idosos e deficientes pobres para financiar o programa que acaba de ser incinerado, para alegria de quem acha que os programas sociais são gastos desnecessários e que a regra deve ser o vai trabalhar vagabundo e que o governo não tem nada de ficar dando dinheiro para malandro.

Deixe uma resposta