DEU NO JORNAL

A Justiça Eleitoral condenou nesta terça-feira (20/08) o ex-prefeito de São Paulo e ex-candidato do PT à Presidência da República Fernando Haddad a quatro anos e seis meses de prisão em regime semiaberto, por crime de caixa dois nas eleições municipais de 2012.

A decisão foi proferida pelo juiz Francisco Shintate, da Justiça eleitoral de São Paulo, que ainda determinou 18 dias-multa, cada um no valor de 1 salário-mínimo vigente na época do fato.

O juiz considerou que Haddad falsificou documentos com fins eleitorais, com base em “258 declarações falsas de gastos com materiais gráficos” durante sua campanha à prefeitura.

* * *

18 dias-multa.

Cada uma valendo um salário mínimo.

Quem vai pagar isto e pra onde este dinheiro vai?

Tô curioso pra saber

O fubânico Ceguinho Teimoso, especialista em maracutaias lulo-petralhas, bem que poderia nos explicar direitinho este detalhe da sentença.

Fico no aguardo.

A única coisa que eu tenho certeza é que o lema da campanha do poste foi concretizada com esta sentença de cadeia.

Agora, Haddad é Lula mesmo, mesmo, mesmo!!!!!!

Deixe uma resposta